Capela de S. Cristóvão - Serra de Botucatu: quem vai salvá-la? - PARTE II

Fiz uma postagem, há alguns dias, falando do estado deplorável, que se encontrava a Igreja de São Cristóvão, localizada na Serra de Botucatu.
Infelizmente poucos dias se passaram e o que era uma suspeita, se confirmou! Uma das paredes da igrejinha ruiu. Ela estava se separando das demais, após o telhado ter sido parcialmente (cerca de 60%) queimado.
O local continua sendo visitado por turistas!
Não tem nenhuma faixa protegendo os turistas, ou seja, impedindo as pessoas de entrar no local! Tem muito entulho, algumas pontas de ferro, o que restou do telhado, que está sustentado em duas paredes, que estão apoiadas em um parede. No mínimo perigoso!
Diante do estado desolador da Igreja fica uma pergunta, que farei novamente? Quem vai salvar o que restou dela?
Hoje estivemos lá, cedo, depois de nós outras pessoas estiveram por lá, visitando o que sobrou da Igreja e observando a maravilhosa vista, que se tem de lá!
Dá uma enorme tristeza ver os escombros! Ver os tijolos, que compunham uma parede, terem sido jogados como entulho na encosta. A Igrejinha que foi fruto do esforço de um homem, mais tarde de outros que a reformaram, não encontrou, após o incêndio homens de boa vontade, que resolvessem cuidar dela!
Temos em nossa região cerâmicas, depósitos de madeiras, arquitetos, engenheiros, pedreiros.
Tem o poder público, que segundo jornal local, faria manutenção mensal na Igrejinha.
Cerca de sete meses se passaram após o incêndio e...
... o final desta história como será?
















Comentários