Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

Compras de Natal e consumo consciente

Final de ano, Natal, presentes, dinheiro curto e necessidade de esticar o salário, conseguido com tanto suor e lágrimas!  Natal é uma daquelas datas, cujo apelo ao consumo pela mídia e pelo comércio é muito forte, o que pode nos trazer problemas, pois nos incita a um consumo desenfreado, muitas vezes a realizar compras por impulso, que mais tarde nos trarão problemas financeiros e arrependimentos. Quem já não comprou uma roupa que amou, mas não usou? Quem já não foi seduzido por um sapato belíssimo, da cor da moda, mas que não era confortável, não combinava com seu estilo, muito menos com as roupas que você tem no armário? Quem já não comprou aparelhos eletrônicos e percebeu, depois, que eram obsoletos? Ou que tinham algum problema? Se você costuma frequentar aquela rua famosa de São Paulo, onde o forte é o comércio de materiais de informática e eletro-eletrônicos, precisa tomar alguns cuidados, afinal, acredito que, assim como eu, há pessoas que têm histórias de itens comprados lá

Perdas irreparáveis

Quando criança tinha a alegria de conviver com minha família, tios, tias, primos, primas, avô. Nos reuníamos no Natal, principal celebração católica. Fomos crescendo, os núcleos familiares aumentado, mudando de cidade, de Estado. Os primos e primas crescendo, os tios, tias envelhecendo. Na minha infância somente uma vez tive um encontro terrível com a morte, que me marcou pra sempre, do qual ainda tenho lembranças bem nítidas. Acho que por isto sempre tive (tenho) reservas a participação em velórios e enterros, salvo quando a pessoa é muito próxima. Muitos anos sem pensar no assunto: MORTE! Até que meu pai morreu! Depois dele, uns dois ou três anos, um dos meus tios. Mais dois ou três anos: mais um. Mais dois ou três anos: mais um. Fiquei muito triste, mas me conformava porque todos viveram por sessenta anos, oitenta ou mais, até próximo aos noventa, como meu avô. Por que estou falando deste assunto? No final do ano sempre refletimos sobre o passado, presente, tentamos planejar o futur