Pular para o conteúdo principal

Espaço público. Público? Ou privado?

Vejo frequentemente certas paisagens urbanas, que me incomodam. Já por algumas vezes, pensei em fotografá-las e postar no Facebook ou até mesmo enviar para determinadas prefeituras. 

Certo domingo vi um destes lugares, em uma rua de uma grande cidade. Vou usá-la como exemplo aqui, mas pelas cidades do nosso País existem inúmeros exemplos de apropriação indevida do espaço público, em especial, das calçadas, que foram criadas para o livre trânsito dos pedestres.
O proprietário do estabelecimento, do local citado, foi muito além. Não sei se o mesmo tem alguma licença especial da Prefeitura do município. O estabelecimento, além de usar a calçada em frente ao local, fez mais ainda! Fez um “deck” para uso de seus clientes usando parte da rua! Que criatividade tem o brasileiro! Conseguiu ampliar o espaço construído do seu negócio, assim atendendo mais clientes, sem construir paredes, sem aumentar o prédio, mas diminuindo drasticamente o espaço público dos transeuntes e também usando o espaço dos automóveis.
No bairro onde moro tem exemplos parecidos. Tem um cidadão que construiu uma escada para acessar o andar superior de sua construção. Até aí nada de mais! Se a escada não estivesse colocada na calçada!
Tem outro. Um comerciante colocou um toldo no seu estabelecimento. Nada contra! Se o toldo não fosse tão grande, que cobrisse toda a calçada. Na verdade ele colocou uma cobertura em um espaço público!
Este não é o único. Andando mais alguns quarteirões, na mesma calçada, tem outro sujeito, que também fez o mesmo. Distribui cadeiras e mesas nas calçadas, onde ficam os usuários do estabelecimento, comodamente sentados, enquanto os pedestres têm que andar pela avenida.
O que me incomoda nisto tudo? Onde estão os fiscais das Prefeituras?
Se você estiver construindo sua casa, se a mesma tiver planta na Prefeitura, para dar andamento no habite-se e você construir uma varanda, que não existe no projeto original, lá vem o fiscal! Pode ser que não venha no início da construção, o que deveria fazer, mas virá quando você estiver concluindo-a e virá com sua pranchetinha para listar os problemas da obra!
Mas e estes caras que invadem as calçadas do centro da cidades e dos bairros? Por que os senhores fiscais tão atentos não veem tais abusos? Não veem os direitos dos pedestres sendo lesados?

Você, leitor, com certeza já deve ter visto exemplos parecidos! Se não viu, observe na sua cidade, no seu bairro! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas sobre provas para eliminação de matérias e ENCCEJA E ENEM

Escrevi uma postagem com dicas para concurseiros de primeira viagem, mas analisando os atendimentos diários que faço no meu trabalho, pensei em escrever outro(s) texto(s) com dicas ou orientações sobre outros assuntos, pois mesmo com tanta informação disponível, as pessoas continuam sem conhecimentos básicos, que podem ajudá-las a resolver problemas simples do seu cotidiano, que vão desde onde procurar a informação, como também onde cobrar seus direitos.
Para começar esta série de textos, vou falar um pouco das provas para eliminação de matérias. As pessoas buscam muito este tipo de avaliação, na qual, desde que atinjam as médias, eliminam todo o ensino fundamental ou todo o ensino médio.
Para quem pretende eliminar o ensino fundamental - Ciclo II (antigo ginásio, 5ª a 8ª série, 6º ao 9º ano atualmente) poderá fazê-lo por meio do Encceja, que é uma avaliação de eliminação de matérias, ou seja, o candidato pode ir eliminando áreas (Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza, Ciências Hum…

ENCCEJA 2017 – ELIMINAÇÃO DE MATÉRIAS – CONCLUSÃO ENSINO FUNDAMENTAL – CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO

Se este texto for útil para você, deixe seu comentário, dizendo se gostou, como encontrou este blog.

Se você precisa concluir o Ensino #Fundamental ou Ensino #Médio, não tem condições de frequentar a escola, tem 15  ou 18 anos, poderá se inscrever para as provas do #Encceja, que o MEC voltará a aplicar neste ano. Por meio desta prova você pode obter a #conclusão do Ensino Fundamental ou Ensino Médio, ou ainda, eliminar as matérias, nas quais conseguir acertar ao menos 50% das questões em cada área, inclusive na redação. Importante salientar, que a partir deste ano o #Enem deixará de servir para certificação do Ensino Médio, portanto se você precisa concluir o Ensino Médio aproveite e faça o #Encceja2017. Outra informação muito importante, para quem reside no Estado de São Paulo, é que após realizar a prova do encceja e não passar em todas as áreas, poderá procurar, a qualquer momento, um dos CEEJAS existentes. O CEEJA é uma Centro de Educação de Jovens e Adultos, que é um projeto, cuja fr…

Documentos escolares: onde encontrá-los?

Muito já se falou a respeito da internet. Que é uma boa ferramenta. Que é perigosa, em especial para crianças, que ainda não têm senso para perceber o perigo. Além disto, já se falou também da infinidade de informações que temos acesso pela net. Vamos falar, neste texto, deste último ponto. Como ter acesso a esta infinidade de informações, chegando até a informação que se deseja. Por meio deste blog, sempre recebo perguntas de internautas sobre alguns textos, alguns assuntos, que abordei em outras postagens, pedindo maiores informações. Ontem recebi um destes questionamentos, que pedia mais informações sobre o CEEJA. Deste questionamento surgiu a ideia desta postagem. Como a pergunta era relacionada à Educação, irei tratar, nesta postagem, disto... Onde conseguir maiores informações a respeito de: escolas, históricos, documentos antigos, etc... etc... Vou focar, nesta postagem, as informações relacionadas ao Estado de São Paulo, pois cada Estado da Federação tem uma Secretaria de Educação…