Novidades no caminho para Cantina da Figueira - Bofete

Há algum tempo queríamos conhecer o lugar, onde se localiza a Cantina da Figueira. Ouvimos falar deste lugar, perguntei para alguns conhecidos, moradores e amigos da região de Botucatu, obtivemos umas referências do tipo “Você pega a Marechal Rondon, depois entra na rotatória rumo a Pardinho, anda cerca de X quilômetros, vire à esquerda e vá em frente.” O problema era o vire à esquerda... Em que local era este vire à esquerda? Como saber ser estávamos indo no lugar correto, se não há nada por perto, além de chácaras, sítios e muitas estradinhas de terra?
Hoje saímos para conhecer mais esta região, mas iríamos até Pardinho, na conhecida Venda do Vivan. De lá andaríamos a pé, na rodovia, vendo a paisagem, fotografando.
Logo após a rotatória da Marechal Rondon, em frente ao Posto Pontal da Serra, rumamos a Pardinho. Que surpresa tivemos logo no início, cerca de uns dois quilômetros talvez, quando encontramos o quê? PLACAS! Placas muito bem feitas indicando a cantina da Figueira. Não tivemos dúvidas! Fomos seguindo a orientação delas. Não nos perdemos, pois todo o trajeto que seguimos até a referida Cantina estava bem sinalizado.
Ao chegarmos na Cantina, fomos recebidos pela proprietária, que nos serviu um gostoso café. Em conversa ela nos informou que o responsável por estas placas é um rapaz, Juliano, que mora em Bofete. Ele é formado em Turismo e está realizando um Projeto na região, que envolve a sinalização destes locais turísticos, bem como parceria com os sitiantes, que aceitarem receber turistas, como é o caso dela.
D. Neusa, ao terminarmos nosso café, solicitou que escrevêssemos um texto em um caderno, onde os visitantes deixam suas mensagens para ela e sobre a visita. Deixamos lá uma singela mensagem, na qual registramos nossas impressões sobre esta primeira visita e a excelência com a qual fomos atendidos.
Ela também nos informou que servem almoço aos domingos; que após a colocação destas placas indicativas já obtiveram um bom resultado.
Deixo aqui meus parabéns a este rapaz, que está fazendo um belíssimo trabalho, que muito colaborará com a vida dos turistas de fora, de outras cidades mais distantes, e os turistas da região, que desejam conhecê-la melhor, mas não sabiam direito por onde e como ir.
Da Cantina pode-se até as Três Pedras, pois fica bem perto, o trajeto também está sinalizado.

Para aqueles que quiserem conhecer o lugar, deixo as referências, abaixo, bem como os contatos da Cantina da Figueira e do Turismólogo Juliano Bolonha.



AS PLACAS






A CANTINA DA FIGUEIRA 









UM POUCO DA REGIÃO










Comentários

Unknown disse…
Adorei esse lugar, conheci justamente com o Juliano, que é amigo do meu namorado! Só acho que faltou nas fotos a famosa e emblemática FIGUEIRA!!!
Anônimo disse…
Muito legal!
Anônimo disse…
Sensacional! Recentemente eu e minha namorada fomos conhecer a Cuesta sem rumo, somente com o conhecimento q tenho pelas trilhas da Brasil ride, passamos por esses locais e nos surpreendemos com a sinalização, ajudou e muito. Obrigado a tds envolvidos, em breve estaremos de volta conhecendo novos lugares
catléia disse…
Obrigada pelo seu comentário no meu blog. Volte sempre!

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas sobre provas para eliminação de matérias e ENCCEJA E ENEM

ENCCEJA 2017 – ELIMINAÇÃO DE MATÉRIAS – CONCLUSÃO ENSINO FUNDAMENTAL – CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE ENEM/ENCCEJA