Novidades no caminho para Cantina da Figueira - Bofete

Há algum tempo queríamos conhecer o lugar, onde se localiza a Cantina da Figueira. Ouvimos falar deste lugar, perguntei para alguns conhecidos, moradores e amigos da região de Botucatu, obtivemos umas referências do tipo “Você pega a Marechal Rondon, depois entra na rotatória rumo a Pardinho, anda cerca de X quilômetros, vire à esquerda e vá em frente.” O problema era o vire à esquerda... Em que local era este vire à esquerda? Como saber ser estávamos indo no lugar correto, se não há nada por perto, além de chácaras, sítios e muitas estradinhas de terra?
Hoje saímos para conhecer mais esta região, mas iríamos até Pardinho, na conhecida Venda do Vivan. De lá andaríamos a pé, na rodovia, vendo a paisagem, fotografando.
Logo após a rotatória da Marechal Rondon, em frente ao Posto Pontal da Serra, rumamos a Pardinho. Que surpresa tivemos logo no início, cerca de uns dois quilômetros talvez, quando encontramos o quê? PLACAS! Placas muito bem feitas indicando a cantina da Figueira. Não tivemos dúvidas! Fomos seguindo a orientação delas. Não nos perdemos, pois todo o trajeto que seguimos até a referida Cantina estava bem sinalizado.
Ao chegarmos na Cantina, fomos recebidos pela proprietária, que nos serviu um gostoso café. Em conversa ela nos informou que o responsável por estas placas é um rapaz, Juliano, que mora em Bofete. Ele é formado em Turismo e está realizando um Projeto na região, que envolve a sinalização destes locais turísticos, bem como parceria com os sitiantes, que aceitarem receber turistas, como é o caso dela.
D. Neusa, ao terminarmos nosso café, solicitou que escrevêssemos um texto em um caderno, onde os visitantes deixam suas mensagens para ela e sobre a visita. Deixamos lá uma singela mensagem, na qual registramos nossas impressões sobre esta primeira visita e a excelência com a qual fomos atendidos.
Ela também nos informou que servem almoço aos domingos; que após a colocação destas placas indicativas já obtiveram um bom resultado.
Deixo aqui meus parabéns a este rapaz, que está fazendo um belíssimo trabalho, que muito colaborará com a vida dos turistas de fora, de outras cidades mais distantes, e os turistas da região, que desejam conhecê-la melhor, mas não sabiam direito por onde e como ir.
Da Cantina pode-se até as Três Pedras, pois fica bem perto, o trajeto também está sinalizado.

Para aqueles que quiserem conhecer o lugar, deixo as referências, abaixo, bem como os contatos da Cantina da Figueira e do Turismólogo Juliano Bolonha.



AS PLACAS






A CANTINA DA FIGUEIRA 









UM POUCO DA REGIÃO










Comentários

Unknown disse…
Adorei esse lugar, conheci justamente com o Juliano, que é amigo do meu namorado! Só acho que faltou nas fotos a famosa e emblemática FIGUEIRA!!!
Anônimo disse…
Muito legal!
Anônimo disse…
Sensacional! Recentemente eu e minha namorada fomos conhecer a Cuesta sem rumo, somente com o conhecimento q tenho pelas trilhas da Brasil ride, passamos por esses locais e nos surpreendemos com a sinalização, ajudou e muito. Obrigado a tds envolvidos, em breve estaremos de volta conhecendo novos lugares
catléia disse…
Obrigada pelo seu comentário no meu blog. Volte sempre!