Maestro João Carlos Martins e Orquestra emocionam botucatuenses

Ontem foi a apresentação, ao lado da Catedral de Santana, da Orquestra Bachiana (SESI-SP) e do Maestro João Carlos Martins em comemoração aos 60 anos da DURATEX e aos 156 anos da cidade dos Bons Ares, das Boas Escolas e das Boas Indústrias.

O espaço reservado para o evento lotou, não tenho idéia de quantas milhares de pessoas estavam ali, sentadas, em pé, filmando, gravando, fotografando, aplaudindo, se emocionando.

O programa teve obras de Beethoven, Brahms, Enio Moriconi (autor de músicas do filme Cinema Paradiso), Astor Piazzola, finalmente do Poetinha, Vinicius de Moraes, para encerrar com o povo cantando junto, sendo regido pelo Maestro, acompanhado pela Orquestra, que executou “Trem das onze”, popularíssima, do não menos popular ...

Mas pensam que o Maestro apenas regeu? Não. Ele nos presenteou com algumas músicas no piano, pois originalmente ele era um pianista, de renome internacional, mas foi obrigado a deixar de tocar este instrumento devido a uma doença, que enrijeceu seus dedos. Aqui está um exemplo a ser seguido, mesmo com esta doença, ele não deixou a música, voltou a estudar incansavelmente para se tornar um excelente Maestro, desta forma poder continuar junto dela: a música! (Veja depoimento dele no último capítulo da novela Viver a Vida: emocionante! http://www.youtube.com/watch?v=qJODZ9pEAa8)

A plateia foi elogiada pelo Martins, pois assistiu a tudo comportadíssima, como se fosse um concerto na Sala São Paulo, não ao ar livre, com um público composto de pessoas de todas as idades, até mesmo crianças e bebês.

Claro que no início do evento teve as falas de algumas autoridades relacionadas à Duratex e à cidade...

João Carlos Martins, entre uma música e outra, conversou com a plateia, contou histórias, piadas. Entre elas que aos quinze anos deu um recital em prol da compra dos sinos da Catedral de Santana. Que antes deste evento visitou na cidade o Projeto Musicalizando (http://www.nucleojoanna.com.br/?area=projeto&id=3 ), do Núcleo Assistencial Joanna de Angelis, que inicia jovens na música, ficou tão encantado com o trabalho de ótima qualidade realizado, que se ofereceu para ser o Padrinho da Instituição, por este motivo tocou as últimas músicas, vestindo a camisa do Projeto.

Para que vocês, leitores, possam ver um pouco do evento, tirei algumas fotos, posto abaixo, como também alguns minutos da Orquestra e do Maestro em ação. Espero que gostem!!!!



























VÍDEO DO ÚLTIMO CAPÍTULO - NOVELA VIVER A VIDA - DEPOIMENTO JOÃO CARLOS MARTINS


VÍDEO DE UM TRECHO DAS MÚSICAS TOCADAS NO CONCERTO





video


Comentários