Pular para o conteúdo principal

Maestro João Carlos Martins e Orquestra emocionam botucatuenses

Ontem foi a apresentação, ao lado da Catedral de Santana, da Orquestra Bachiana (SESI-SP) e do Maestro João Carlos Martins em comemoração aos 60 anos da DURATEX e aos 156 anos da cidade dos Bons Ares, das Boas Escolas e das Boas Indústrias.

O espaço reservado para o evento lotou, não tenho idéia de quantas milhares de pessoas estavam ali, sentadas, em pé, filmando, gravando, fotografando, aplaudindo, se emocionando.

O programa teve obras de Beethoven, Brahms, Enio Moriconi (autor de músicas do filme Cinema Paradiso), Astor Piazzola, finalmente do Poetinha, Vinicius de Moraes, para encerrar com o povo cantando junto, sendo regido pelo Maestro, acompanhado pela Orquestra, que executou “Trem das onze”, popularíssima, do não menos popular ...

Mas pensam que o Maestro apenas regeu? Não. Ele nos presenteou com algumas músicas no piano, pois originalmente ele era um pianista, de renome internacional, mas foi obrigado a deixar de tocar este instrumento devido a uma doença, que enrijeceu seus dedos. Aqui está um exemplo a ser seguido, mesmo com esta doença, ele não deixou a música, voltou a estudar incansavelmente para se tornar um excelente Maestro, desta forma poder continuar junto dela: a música! (Veja depoimento dele no último capítulo da novela Viver a Vida: emocionante! http://www.youtube.com/watch?v=qJODZ9pEAa8)

A plateia foi elogiada pelo Martins, pois assistiu a tudo comportadíssima, como se fosse um concerto na Sala São Paulo, não ao ar livre, com um público composto de pessoas de todas as idades, até mesmo crianças e bebês.

Claro que no início do evento teve as falas de algumas autoridades relacionadas à Duratex e à cidade...

João Carlos Martins, entre uma música e outra, conversou com a plateia, contou histórias, piadas. Entre elas que aos quinze anos deu um recital em prol da compra dos sinos da Catedral de Santana. Que antes deste evento visitou na cidade o Projeto Musicalizando (http://www.nucleojoanna.com.br/?area=projeto&id=3 ), do Núcleo Assistencial Joanna de Angelis, que inicia jovens na música, ficou tão encantado com o trabalho de ótima qualidade realizado, que se ofereceu para ser o Padrinho da Instituição, por este motivo tocou as últimas músicas, vestindo a camisa do Projeto.

Para que vocês, leitores, possam ver um pouco do evento, tirei algumas fotos, posto abaixo, como também alguns minutos da Orquestra e do Maestro em ação. Espero que gostem!!!!



























VÍDEO DO ÚLTIMO CAPÍTULO - NOVELA VIVER A VIDA - DEPOIMENTO JOÃO CARLOS MARTINS


VÍDEO DE UM TRECHO DAS MÚSICAS TOCADAS NO CONCERTO







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas sobre provas para eliminação de matérias e ENCCEJA E ENEM

Escrevi uma postagem com dicas para concurseiros de primeira viagem, mas analisando os atendimentos diários que faço no meu trabalho, pensei em escrever outro(s) texto(s) com dicas ou orientações sobre outros assuntos, pois mesmo com tanta informação disponível, as pessoas continuam sem conhecimentos básicos, que podem ajudá-las a resolver problemas simples do seu cotidiano, que vão desde onde procurar a informação, como também onde cobrar seus direitos.
Para começar esta série de textos, vou falar um pouco das provas para eliminação de matérias. As pessoas buscam muito este tipo de avaliação, na qual, desde que atinjam as médias, eliminam todo o ensino fundamental ou todo o ensino médio.
Para quem pretende eliminar o ensino fundamental - Ciclo II (antigo ginásio, 5ª a 8ª série, 6º ao 9º ano atualmente) poderá fazê-lo por meio do Encceja, que é uma avaliação de eliminação de matérias, ou seja, o candidato pode ir eliminando áreas (Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza, Ciências Hum…

HISTÓRIA DE ANA ROSA

Você já ouviu a música sertaneja de Tião Carreiro e Carreirinho intitulada "Ana Rosa"? Se ouviu conhece a história dessa mulher. Se não ouviu, farei um resumo da história. Ana Rosa morava em Avaré, cidade próxima a Botucatu. Como muitas jovens de sua época casou-se cedo, pois havia se apaixonado por Francisco de Carvalho Bastos, mais conhecido como Chicuta, que era muito ciumento, por isso trazia a esposa sob constante vigilância. Homem dos idos de 1880, muito machista, começou a maltratar a mulher, tanto moral quanto fisicamente. Até que um dia a jovem esposa cansou de tanto sofrer, fugiu para Botucatu, refugiando-se em um cabaré de uma mulher chamada Fortunata Jesuína de Melo. Quando o marido chegou em casa e não encontrou a mulher, ficou cego de ciúmes, procurou-a por todos os lados, até que soube que ela havia fugido e para onde havia ido. Mais do que depressa ele se dirigiu para Botucatu, onde chegou e contratou José Antonio da Silva Costa, mais conhecido por Costinha, e He…

STAROUP: propagandas, história e futuro da marca

Você se lembra desta marca? Sabe de qual produto? Não?????!!!!!!
Pois bem... vou refrescar a memória daqueles que estão nos "enta", dos mais jovens que nunca ouviram esta palavra.
Quando eu era adolescente, o que não faz muito tempo, o jeans, que mais se ouvia falar, cujas propagandas eram inteligentíssimas, bem feitas, ainda por cima engajadas, eram da Staroup. 
Uma delas foi premiada internacionalmente, porque mostrava o engajamento dos jovens, que eram ousados, corajosos, lutavam contra o regime da época: a Ditadura Militar. 
Esta propaganda, famosíssima, ganhadora do Leão de Ouro em Cannes, foi pensada, pelo não menos famoso, Washington Olivetto, da Agência W. Brasil. Quer conhecê-la? Acesse e conheça!




Além deste premiado, há outros. Há o comercial abaixo, que mostra a então adolescente, Viviane Pasmanter, no papel da gordinha, que quer usar um jeans da Staroup e faz uma verdadeira maratona para conseguir alcançar seu objetivo. A qualidade do vídeo não é muito boa, porém vale…