Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2010

Algumas palavras sobre a desburocratização

Por conta de um questionamento, a um órgão público, a respeito de um direito meu, das respostas daí decorrentes (via e-mail, pois minha pergunta também se utilizou desse canal), lembrei-me do termo, meio em desuso, DESBUROCRATIZAÇÃO. Digitei o termo no Google, que localizou alguns sites que tratam do assunto, cliquei exatamente no link: http://np3.brainternp.com.br/templates/ihb/publicacao/publicacao.asp?Cod_Canal=2&Cod_Publicacao=2012 , que pertence ao Instituto Hélio Beltrão, cujo patrono foi o primeiro administrador público a implementar políticas públicas neste sentido, o de desburocratizar. No site citado, estão elencados alguns dos pressupostos do Decreto Lei 200, ainda vigente, “que tinha como base:
• a prevalência do interesse do cidadão sobre o interesse da administração, pois serviço público significa exatamente servir ao público;
• o tratamento diferenciado das distintas realidades que compõem um país fortemente heterogêneo: todos os pobres são iguais perante a burocracia…

Direitos

Esta semana assisti a uma matéria, que tratava das ruas que foram “privatizadas” em alguns bairros da cidade de São Paulo. Aquelas cujos moradores próximos, se apropriaram do espaço público, colocaram cancelas, impedindo assim o livre trânsito das pessoas, o famoso direito de ir e vir, que temos escrito na Constituição Brasileira. Quando questionado a este respeito, um morador, que estava próximo a uma dessas cancelas, que foi colocada e vistoriada por alguns órgãos, mas que aguardava aprovação da prefeitura, disse que “No Brasil é assim, nem tudo que deveria ser de determinada forma, realmente é”. Ele estava falando do fato de terem fechado a rua, antes mesmo da aprovação pelos órgãos competentes, enquanto a solicitação ainda tramita na Prefeitura. Fiquei pensando na fala desta pessoa. Que mesmo estando errada, não deixa de estar certa. Confuso, não? Vamos explicar. Começando pelo direito de ir e vir. Temos, segundo nossa Carta Magna (CF, 1988), o direito de ir e vir, mas em alguns estad…

AGRADECIMENTO

Pela primeira vez este blog está participando do Top Blog 2010, mesmo  tendo iniciado o Concurso já há algum tempo, mas mesmo assim resolvi ousar e inscrevê-lo.
Gosto de participar de concursos, sejam os literários, os de fotografia, agora este específico para blogs.
Este blog, o Impressões Noturnas, iniciou há bastante tempo, com outro nome, em outro provedor, com menos frequência de postagens, resumindo: um mera aventura.
Inicialmente o intuito desta aventura era conhecer esta nova ferramenta da internet, que começava como um diário, como os antigos diários de papel, onde os adolescentes escreviam o seu cotidiano, mas outras pessoas viram possibilidades maiores para os blogs: o registro rápido de notícias, por jornalistas, pessoas comuns; a democratização da palavra, que deixava de ser de uso restrito dos especialistas e dava voz agora as pessoas comuns, a trabalhadores de diversas áreas, a jovens, adolescentes, que escreviam suas opiniões nos blogs.
Importante também salientar a utiliz…

Educação nos discursos pré-eleição

Estamos novamente em época de eleição. Como nas eleições anteriores já começaram, nos diferentes meios de comunicação, as propagandas dos candidatos eleitos/aprovados nas convenções dos partidos. 
E o que esta época tem em comum com as eleições anteriores? Em quais pontos os candidatos estão amparando/ancorando seus discursos?
Como não podia deixar de ser a educação está presente em quase todos, se não na propaganda, mas nos discursos feitos nas apresentações aos sindicatos, reuniões de empresários ou de outras instituições.
Não faz muito tempo tivemos um governador que utilizou como "garota propaganda" de sua fala a mãezinha, professora, amarrando a esta imagem a promessa de melhorias na educação. Mesmo com esta promessa aconteceram greves no seu governo, algumas longas, assim como outros governantes também colocou a polícia sobre os professores.
Agora o que vemos?
Um dos candidatos alia a imagem de ex-aluno de escola pública, humilde, como um ser fadado a realizar o bem para a …

Impressões sobre concursos fotográficos e literários

Desde o ano passado estou participando de alguns concursos literários e fotográficos. Dos últimos participo pois gosto de fotografia e é um dos meus "hobbies". Dos primeiros participo pois gosto muito de escrever, de ler. 
Dessas participações obtive algumas impressões...
No caso dos concursos fotográficos, participei de dois ou três, abertos a fotógrafos profissionais e amadores não obtive êxito em premiação. Percebi que mesmo os amadores são praticamente profissionais dada à qualidade das fotos. Não são fotos tiradas sem pensar, sem planejamento, como acredito, sejam as minhas fotos. Percebe-se pelo enquadramento, pela utilização da luminosidade, até mesmo pelos equipamentos utilizados.
No caso dos concursos literários tem concursos de diversos tipos. Aí estão as surpresas... Participei também no ano anterior de alguns. Em um deles fui comunicada por e-mail, que dois textos meus haviam sido selecionados como finalistas, que tinha um prazo X para me manifestar, depositar um de…

Municipalização de prédio de Escola Estadual

A escola onde estou trabalhando neste ano está vivendo uma situação muito complicada, diria complicadíssima. Parte da escola. Ciclo I (1ª a 4ª série) foi municipalizada, por isso ficaram os professores do Estado trabalhando com os alunos do município, utilizando o espaço físico do Estado, mas com inspetores de alunos da prefeitura, agora recentemente uma diretora que, desde a semana passada, divide o espaço com a professora da SAPE e os alunos portadores de necessidades especiais, que por suas características precisam de maior proximidade com o Professor, o que está sendo prejudicado com a presença de um adulto na sala, inclusive atendendo celular durante a aula... Resumindo: a Prefeitura ocupa quatro salas de aula, sendo que outras quatro estão alocadas em uma creche municipal próxima à escola. Segundo falas de funcionários da Prefeitura, da escola e de fora dela, os alunos (Ciclo II e Ensino Médio), professores e direção terão que sair ainda em julho, pois o prédio será municipalizado…