Pular para o conteúdo principal

Sobre a greve dos professores

Acabei de ler um comentário de um internauta, de um jornal de grande circulação (on line), onde a pessoa dizia que se os salários pagos no Estado de São Paulo são tão ruins, porque todos não se demitem então; dizia ainda que as provas de mérito só comprovam o que todos sabem: a baixa qualificação do professor. O mesmo internauta dizia que professor bastaria um toque de dedos, sumiria da face da terra. Ainda dizia, que se todos os insatisfeitos se demitissem, não faltariam interessados.
Quanto a essa fala desse Senhor, quero esclarecê-lo que:
- se ele escreve uma mensagem tão bem escrita, com tanto poder de argumentação, ele passou pelas mãos de vários professores, desde o ensino fundamental até o curso superior ou pós.
- os professores que atuam nas escolas particulares, em grande parte trabalham também nas escolas públicas.
- as escolas particulares, como empresas que são (visam lucro), não pagam tão melhor assim, seus profissionais, claro que há exceções.
- professor, assim como todo ser humano, tem uma grande capacidade de adaptação, ou flexibilidade, como se chama atualmente essa habilidade. Diante disso, há professores no ensino presencial, no ensino à distância como tutores.
- dados do INEP e Censo da Educação Superior (Revista Nova Escola, ed. Jan/fev2010, pág. 69) mostram que o déficit de professores nas séries finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio é de 710 mil. 
- essa mesma pesquisa demonstra que 55% é o total de vagas ociosas nos cursos de Pedagogia e formação de professores.
- ainda a mesma pesquisa revelou que 34% dos alunos dos cursos de Pedagogia e formação de professores se evadem.
Como mostram os dados coletados cientificamente pelo INEP, caro internauta desavisado e desinformado, caso os professores em greve resolvessem se demitir todos ao mesmo tempo, não haveriam professores formados e licenciados para atuar no magistério, em especial, nas séries finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio.
Mas, internauta, se isso ainda não o convenceu, há na mesma revista dados de pesquisa feita pela Fundação Carlos Chagas, que mostram claramente que, dos alunos estudantes de Ensino Médio:
- apenas 2% têm intenção de cursar Pedagogia ou Licenciaturas;
- 9% pretendem cursar disciplinas da Educação Básica;
- 83% (ampla maioria) pretendem prestar vestibular para disciplinas desvinculadas da carreira docente (outras carreiras);
- 6% não responderam.
A pesquisa ouviu 1.501 alunos de 3° ano do Ensino Médio em 18 escolas públicas e particulares, em oito cidades.
Essa mesma matéria fala que os principais fatores que afastam os jovens da carreira do magistério são: baixa remuneração (40% dos que consideraram fazer cursos ligados à docência).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas sobre provas para eliminação de matérias e ENCCEJA E ENEM

Escrevi uma postagem com dicas para concurseiros de primeira viagem, mas analisando os atendimentos diários que faço no meu trabalho, pensei em escrever outro(s) texto(s) com dicas ou orientações sobre outros assuntos, pois mesmo com tanta informação disponível, as pessoas continuam sem conhecimentos básicos, que podem ajudá-las a resolver problemas simples do seu cotidiano, que vão desde onde procurar a informação, como também onde cobrar seus direitos.
Para começar esta série de textos, vou falar um pouco das provas para eliminação de matérias. As pessoas buscam muito este tipo de avaliação, na qual, desde que atinjam as médias, eliminam todo o ensino fundamental ou todo o ensino médio.
Para quem pretende eliminar o ensino fundamental - Ciclo II (antigo ginásio, 5ª a 8ª série, 6º ao 9º ano atualmente) poderá fazê-lo por meio do Encceja, que é uma avaliação de eliminação de matérias, ou seja, o candidato pode ir eliminando áreas (Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza, Ciências Hum…

ENCCEJA 2017 – ELIMINAÇÃO DE MATÉRIAS – CONCLUSÃO ENSINO FUNDAMENTAL – CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO

Se este texto for útil para você, deixe seu comentário, dizendo se gostou, como encontrou este blog.

Se você precisa concluir o Ensino #Fundamental ou Ensino #Médio, não tem condições de frequentar a escola, tem 15  ou 18 anos, poderá se inscrever para as provas do #Encceja, que o MEC voltará a aplicar neste ano. Por meio desta prova você pode obter a #conclusão do Ensino Fundamental ou Ensino Médio, ou ainda, eliminar as matérias, nas quais conseguir acertar ao menos 50% das questões em cada área, inclusive na redação. Importante salientar, que a partir deste ano o #Enem deixará de servir para certificação do Ensino Médio, portanto se você precisa concluir o Ensino Médio aproveite e faça o #Encceja2017. Outra informação muito importante, para quem reside no Estado de São Paulo, é que após realizar a prova do encceja e não passar em todas as áreas, poderá procurar, a qualquer momento, um dos CEEJAS existentes. O CEEJA é uma Centro de Educação de Jovens e Adultos, que é um projeto, cuja fr…

Documentos escolares: onde encontrá-los?

Muito já se falou a respeito da internet. Que é uma boa ferramenta. Que é perigosa, em especial para crianças, que ainda não têm senso para perceber o perigo. Além disto, já se falou também da infinidade de informações que temos acesso pela net. Vamos falar, neste texto, deste último ponto. Como ter acesso a esta infinidade de informações, chegando até a informação que se deseja. Por meio deste blog, sempre recebo perguntas de internautas sobre alguns textos, alguns assuntos, que abordei em outras postagens, pedindo maiores informações. Ontem recebi um destes questionamentos, que pedia mais informações sobre o CEEJA. Deste questionamento surgiu a ideia desta postagem. Como a pergunta era relacionada à Educação, irei tratar, nesta postagem, disto... Onde conseguir maiores informações a respeito de: escolas, históricos, documentos antigos, etc... etc... Vou focar, nesta postagem, as informações relacionadas ao Estado de São Paulo, pois cada Estado da Federação tem uma Secretaria de Educação…