Pular para o conteúdo principal

Concurseiro? Esta postagem é para você!


“Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não lêem.”
Mario Quintana

Vou contar um pouco de minha experiência em concursos públicos. Já fiz vários e fui aprovada em todos!
Fiz concurso do SESI, por duas vezes!
Concurso da Prefeitura de Santo André para Professor.
Fiz concurso para Diretor de Escola, por duas vezes, sendo aprovada nas duas. No último concurso em 2017, entre 30.000 candidatos no Estado de São  Paulo, passei na colocação 228º.
Prestei duas vezes para concurso de Supervisor de Ensino, um em 2008, outro agora em 2019. No de 2008 não fiquei bem classificada e a quantidade de vagas oferecidas, até o concurso caducar, não chegou até a minha colocação.  No concurso de 2019, que está em curso, não tenho todos os resultados, mas na prova objetiva tive 75% de aproveitamento, ou seja, de acertos.
Somente no concurso para Diretor de Escola de 2017 fiz um curso, aos sábados, por cerca de um ano, com uma empresa especializada em concursos. Apesar de ser uma empresa especialista no assunto, nem todos os professores contratados vinham para trabalhar, por isto não assisti todas as aulas na íntegra! Após trabalhar a semana toda eu não ia para lá para ouvir um “embromation”. Eu ia para aproveitar os conhecimentos, que aquele profissional me proporcionaria. Não estava rendendo? Tchau!! Ia pra casa descansar!
Já ia me esquecendo... Também fiz concurso para Professor de Educação Básica II, o qual assumi e estou para me aposentar, em breve.... se o Governo atual não mudar as regras...
Pela leitura acima talvez você esteja se perguntando, como fui aprovada, se não fiz cursos específicos!
Bem, todos os concursos são da área para a qual estudei! Fiz duas faculdades PRESENCIAIS: Letras e Pedagogia. Depois não parei no tempo! Continuei fazendo cursos de atualização e de pós graduação, além, é claro, de cursos de formação em serviço, os quais não tinham certificado. Fiz duas pós graduações: uma em Gestão Educacional, voltada para a escola; Gestão da Rede Pública, voltada para a Supervisão de sistema.
Além dos cursos e formações em serviço, nas funções que desempenhei e desempenho sempre a leitura fez parte integrante do meu cotidiano!
Esta é a primeira “dica”: ler muito! Se quiser saber mais a respeito da relevância da leitura, pode acessar outras postagens, aqui no blog mesmo, que trataram do assunto. Pode pesquisar, no campo para isto, e digite “leitura”, que sairá uma lista dos textos disponíveis.
Você começou esta leitura pensando, que eu iria fazer uma lista das 10 dicas para concurseiros? Das 100 melhores dicas para concurseiros?
Não. Isto tudo já existe!
Se você pensa que fazendo estudos pontuais de determinados assuntos terá excelentes resultados... até pode ser se você tiver uma excelente memória!
A ferramenta principal para adquirir e compreender novos conhecimentos é ter uma leitura fluente e um bom repertório vocabular, pois a leitura e interpretação de textos é imprescindível para a vida, e também para ir bem em concursos!
Tenha como hábito, ao fazer as leituras, consultar as dúvidas que tiver, em relação ao significado de determinada palavra, em um dicionário ou em um aplicativo. Existem vários aplicativos, um deles se chama “sinônimos”. Antes de consultar o significado tente entender o significado pelo contexto, pelo “geral do texto”, se não conseguir entender, aí sim vá para o dicionário ou aplicativo.
Além da leitura, dos estudos específicos para o concurso, os conhecimentos, que você adquiriu no decorrer de sua vida acadêmica, são importantíssimos, pois estes poderão ser resgatados e aprofundados para o concurso, que você pretende prestar!
Juntando tudo isto, também é importante a maneira como você fará sua prova! Controlar o tempo dedicado às questões. Como? Se sabe a resposta, ótimo, se não sabe, coloque um símbolo ao lado desta questão, passe para a próxima, talvez durante a leitura das demais encontre a resposta, que necessita ou então, caso não encontre, ainda sobrará tempo para retornar a ela, relê-la e mudar de alternativa, se for o caso.

“Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre.”
Paulo Freire

 #leitura   #concursos   #concurseiros  #dicas   #novidades  #aplicativo  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas sobre provas para eliminação de matérias e ENCCEJA E ENEM

Escrevi uma postagem com dicas para concurseiros de primeira viagem, mas analisando os atendimentos diários que faço no meu trabalho, pensei em escrever outro(s) texto(s) com dicas ou orientações sobre outros assuntos, pois mesmo com tanta informação disponível, as pessoas continuam sem conhecimentos básicos, que podem ajudá-las a resolver problemas simples do seu cotidiano, que vão desde onde procurar a informação, como também onde cobrar seus direitos.
Para começar esta série de textos, vou falar um pouco das provas para eliminação de matérias. As pessoas buscam muito este tipo de avaliação, na qual, desde que atinjam as médias, eliminam todo o ensino fundamental ou todo o ensino médio.
Para quem pretende eliminar o ensino fundamental - Ciclo II (antigo ginásio, 5ª a 8ª série, 6º ao 9º ano atualmente) poderá fazê-lo por meio do Encceja, que é uma avaliação de eliminação de matérias, ou seja, o candidato pode ir eliminando áreas (Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza, Ciências Hum…

HISTÓRIA DE ANA ROSA

Você já ouviu a música sertaneja de Tião Carreiro e Carreirinho intitulada "Ana Rosa"? Se ouviu conhece a história dessa mulher. Se não ouviu, farei um resumo da história. Ana Rosa morava em Avaré, cidade próxima a Botucatu. Como muitas jovens de sua época casou-se cedo, pois havia se apaixonado por Francisco de Carvalho Bastos, mais conhecido como Chicuta, que era muito ciumento, por isso trazia a esposa sob constante vigilância. Homem dos idos de 1880, muito machista, começou a maltratar a mulher, tanto moral quanto fisicamente. Até que um dia a jovem esposa cansou de tanto sofrer, fugiu para Botucatu, refugiando-se em um cabaré de uma mulher chamada Fortunata Jesuína de Melo. Quando o marido chegou em casa e não encontrou a mulher, ficou cego de ciúmes, procurou-a por todos os lados, até que soube que ela havia fugido e para onde havia ido. Mais do que depressa ele se dirigiu para Botucatu, onde chegou e contratou José Antonio da Silva Costa, mais conhecido por Costinha, e He…

STAROUP: propagandas, história e futuro da marca

Você se lembra desta marca? Sabe de qual produto? Não?????!!!!!!
Pois bem... vou refrescar a memória daqueles que estão nos "enta", dos mais jovens que nunca ouviram esta palavra.
Quando eu era adolescente, o que não faz muito tempo, o jeans, que mais se ouvia falar, cujas propagandas eram inteligentíssimas, bem feitas, ainda por cima engajadas, eram da Staroup. 
Uma delas foi premiada internacionalmente, porque mostrava o engajamento dos jovens, que eram ousados, corajosos, lutavam contra o regime da época: a Ditadura Militar. 
Esta propaganda, famosíssima, ganhadora do Leão de Ouro em Cannes, foi pensada, pelo não menos famoso, Washington Olivetto, da Agência W. Brasil. Quer conhecê-la? Acesse e conheça!




Além deste premiado, há outros. Há o comercial abaixo, que mostra a então adolescente, Viviane Pasmanter, no papel da gordinha, que quer usar um jeans da Staroup e faz uma verdadeira maratona para conseguir alcançar seu objetivo. A qualidade do vídeo não é muito boa, porém vale…