Ano eleitoral: algumas questões para refletir!


Estamos em ano eleitoral. Mais uma vez. Mais uma vez veremos e ouviremos na televisão, na internet, nas rádios, as propagandas políticas!
Qual é o papel do publicitário contratado para estas propagandas? Querer nos vender o invendável! E quais artifícios eles utilizam para isto? Belas imagens! Escolhem um exemplo de algo, algum projeto, que tenha sido implantado, generalizando como se fosse a realidade para toda a área. Por exemplo na área da saúde escolhe-se um hospital de referência, mostram-se as belas imagens do prédio, entrevista-se um médico, que trabalhe no lugar, claro, não falará dos problemas... só das coisas boas!
Ouviremos, muito provavelmente, os candidatos, já estiveram em cargos públicos, falando do quanto são ótimos gestores! Do quanto estão preparados para administrar o Estado, o Brasil. Talvez falem também de como superaram a crise no Estado, onde governaram, “com muito trabalho, eficiência na gestão...”
Nós, cidadãos comuns, fazemos milagres com nosso salário para pagarmos a imensa carga de impostos, que nos são impostos pelos excelentes gestores públicos!
Como damos conta de pagar nossas contas? Como administramos nossos recursos, se nosso salário não sobe anualmente e nem é minimamente corrigido de acordo com a inflação anual? Como vivemos se não temos um monte de gente, que trabalhe para nós, cujos bolsos possamos “enfiar as mãos” regularmente para conseguir mais verbas?
Vou pôr aqui, dois exemplos de arrecadação de impostos, dados do Impostômetro. Quando será que o Brasil já arrecadou até hoje? E o Estado de São Paulo? O que retorna de tudo isto pra nós?
Você está satisfeito com os serviços de saúde prestados pelos órgãos estaduais? Você está satisfeito com o atendimento feito pelo SUS? Você tem facilidade para conseguir remédios nas farmácias populares? Os hospitais estão em boas condições e com todos os insumos necessários para atender a todos? Tem médicos generalistas e especialistas? Você consegue marcar consultas e exames com estes profissionais sempre que precisa e quando precisa?
E a educação? E a escola onde seus filhos estudam? Está em boas condições? A merenda escolar é de boa qualidade e possui diversidade? Tem frutas no cardápio? Tem cardápio assinado por nutricionista e exposto para consulta de todos: alunos, professores, pais/responsáveis? Há professores de todas as disciplinas? Quando eles faltam, tem professor substituto? Seus filhos estão na creche? Foi fácil conseguir vaga? Tem creche na sua cidade? Ela está funcionando?
E as estradas estaduais e federais? Como estão? Só estão razoáveis as que foram privatizadas? As que são responsabilidade dos Governos estão em péssimo estado? Cheias de buracos? Sem acostamento? Sem sinalização? Sem asfalto ou somente com um monte de remendos mal feitos? Se foram reformadas recentemente o trabalho realizado foi de boa qualidade? Ou aparecem buracos a cada nova chuva?
Estas são só algumas perguntas para que você, eleitor, avalie seus candidatos, em especial, aqueles que já governaram os Estados brasileiros, já governaram o País!

Dados comparativos do #impostometro 


01/01/2017 a 25/03/2017 - valores arrecadados no Brasil

     


01/01/2018 a 25/03/2018 - valores arrecadados no Brasil




    
  

01/01/2018 a 25/03/2018 - valores arrecadados no Estado de São Paulo








     


01/01/2017 a 25/03/2017 - valores arrecadados no Estado de São Paulo


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas sobre provas para eliminação de matérias e ENCCEJA E ENEM

ENCCEJA 2017 – ELIMINAÇÃO DE MATÉRIAS – CONCLUSÃO ENSINO FUNDAMENTAL – CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE ENEM/ENCCEJA