Pular para o conteúdo principal

DICAS PARA ESCREVER E PUBLICAR UMA REVISTA DIGITAL

Fiz um teste e, com um material pronto e de minha autoria, e tentei postá-la na plataforma “issue”. As primeiras vezes fiz o texto no word, alinhei as fotos também, salvei o documento e fiz o “upload”. Surpresa: algumas coisas ficaram fora do lugar. A formatação inicial foi prejudicada.
Compartilhei no facebook e recebi dicas preciosas, uma em especial, salvar o documento em pdf para depois fazer o “upload” para o site do issue.
O próprio site dá orientações para cuidados com o conteúdo da revista, caso contrário, a mesma poderá ser retirada da internet. São eles:
- não fazer plágio, ou seja, copiar texto e imagens de outros autores, conhecidos ou não;
- não utilizar material pornográfico.
Se for fazer alguma publicação envolvendo crianças e/ou adolescentes são necessários cuidados também:
- ter autorização dos pais/responsáveis para utilização da imagem, que seja por escrito, informe quais usos serão feitos da imagem:  material impresso (livro, revista, outdoor), material on line (site, blog, revista on line, vídeo);
- não utilizar imagens da criança/adolescente, que possam causar vergonha, vexame;
- se for utilizar fotos de alguma instituição, escola, por exemplo, também não necessários cuidados para não expor negativamente o local, nem professores e funcionários.
Há leis que asseguram os direitos de uso de imagem, por isto mencionei os cuidados acima.
Há também leis, que punem o plágio, seja de texto, foto, vídeo, portanto, também cuidado ao fazer suas postagens em sites, blogs, e afins.
Falamos das leis, mas falta falar de algo muito importante: o texto. Antes de publicar sua revista, peça para alguém, ler o texto, verificar se ficou claro, bem como apontar correções da Língua Portuguesa. Se for uma publicação de escola solicite a um Professor de Português, pois desta forma não passará pela chateação de colegas apontarem seus erros após a publicação.
Em revistas e jornais de grande porte há um revisor, que faz o trabalho de reler os textos, indicar as correções necessárias, sejam elas ortográficas, ou aquelas para melhorar a coesão e a coerência textuais.
Nas dicas abaixo há uma apresentação disponível no slideshares, que traz dicas sobre as melhores fontes para se utilizar, em cada situação, em como análise de algumas capas de revistas famosas, entre outras, que poderão ajudá-lo a dar uma identidade a sua publicação.
Mãos à obra!

Abaixo o link para a última versão da minha primeira revista:
https://issuu.com/fotosememorias/docs/texto_para_revista_on_line_-_com_ca_f3d188e9a59737/1?e=0 

Consulte as leis abaixo e informe-se:
LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. - Altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências. – Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9610.htm

LEI Nº 8.069, DE 13 DE JULHO DE 1990. - Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. – Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm

Quer algumas dicas, simples, de design de publicações?


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas sobre provas para eliminação de matérias e ENCCEJA E ENEM

Escrevi uma postagem com dicas para concurseiros de primeira viagem, mas analisando os atendimentos diários que faço no meu trabalho, pensei em escrever outro(s) texto(s) com dicas ou orientações sobre outros assuntos, pois mesmo com tanta informação disponível, as pessoas continuam sem conhecimentos básicos, que podem ajudá-las a resolver problemas simples do seu cotidiano, que vão desde onde procurar a informação, como também onde cobrar seus direitos.
Para começar esta série de textos, vou falar um pouco das provas para eliminação de matérias. As pessoas buscam muito este tipo de avaliação, na qual, desde que atinjam as médias, eliminam todo o ensino fundamental ou todo o ensino médio.
Para quem pretende eliminar o ensino fundamental - Ciclo II (antigo ginásio, 5ª a 8ª série, 6º ao 9º ano atualmente) poderá fazê-lo por meio do Encceja, que é uma avaliação de eliminação de matérias, ou seja, o candidato pode ir eliminando áreas (Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza, Ciências Hum…

ENCCEJA 2017 – ELIMINAÇÃO DE MATÉRIAS – CONCLUSÃO ENSINO FUNDAMENTAL – CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO

Se este texto for útil para você, deixe seu comentário, dizendo se gostou, como encontrou este blog.

Se você precisa concluir o Ensino #Fundamental ou Ensino #Médio, não tem condições de frequentar a escola, tem 15  ou 18 anos, poderá se inscrever para as provas do #Encceja, que o MEC voltará a aplicar neste ano. Por meio desta prova você pode obter a #conclusão do Ensino Fundamental ou Ensino Médio, ou ainda, eliminar as matérias, nas quais conseguir acertar ao menos 50% das questões em cada área, inclusive na redação. Importante salientar, que a partir deste ano o #Enem deixará de servir para certificação do Ensino Médio, portanto se você precisa concluir o Ensino Médio aproveite e faça o #Encceja2017. Outra informação muito importante, para quem reside no Estado de São Paulo, é que após realizar a prova do encceja e não passar em todas as áreas, poderá procurar, a qualquer momento, um dos CEEJAS existentes. O CEEJA é uma Centro de Educação de Jovens e Adultos, que é um projeto, cuja fr…

Super heroína: minha mãe

Pela nossa vida procuramos modelos, ídolos, heróis com super poderes, mas não vemos os heróis e heroínas ao nosso redor. Quem são? Onde se escondem? O que fazem? Minha mãe é uma dessas pessoas: uma heroína! Por vários motivos, por isso falarei de alguns deles. Retirante, aos 19 anos, em uma viagem muito longa, com quase toda família, deixou o interior do Pernambuco, Serrita, veio para o interior do Paraná, Terra Rica, naquele tempo ainda distrito de Paranavaí, pequenina, ruas de terra, casas de madeira, o mato sendo desmatado. Vida dura, sem conforto! Casou-se aos 21, em um ano já tinha seu primeiro filho, enfrentava diariamente os desafios da primeira maternidade, os problemas com o marido, rude, mas trabalhador e honesto. Dois anos e pouco depois do primeiro filho, já tinha o segundo, mais dois anos, o terceiro filho, mais dois anos: eu nasci. Nesta época ela tinha dupla jornada: na roça trabalhando na enxada ao lado de meu pai (dos filhos pequenos) e quando chegava em casa, ainda tinh…