Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

A dispersão da informação na era do conhecimento

Imagem
Vivemos em uma época, na qual existem infinitas informações disponíveis em infinitos sites, blogs, intranets, redes sociais. Como lidar com tudo isto? E as empresas como lidam com tanta informação? Como nós ficamos em meio a este caos?
Além desta infinidade de informações temos também dados postados nestes suportes sem total confiabilidade. Somos bombardeados diariamente com avisos por e-mails, boletins, nos quais se informam que tal informação se encontra no site X, a outra informação pode ser localizada na intranet Y, uma outra informação poderá ser acessada no blog Z. Como nossa mente lida com tudo isto? Conseguimos gerenciar todos estes possíveis caminhos para acessar as mais diversas informações do nosso cotidiano pessoal e profissional? Será que estamos mais informados ou mais confusos? Imagine-se proprietário de uma rede de lojas, supermercados, espalhadas em diversos municípios. Imagine que, ao invés de mandar uma circular por dia ou por semana, opte por mandar diversos e-mails …

Ela atende a todos com um sorriso

Frequento regularmente um supermercado localizado próximo ao meu local de trabalho. Frequento-o quando faço as compras para minha casa, bem como para comprar marmitex algumas vezes na semana.
Sempre que estou aguardando para fazer meu pedido de marmitex, ainda na fila, fico observando as funcionárias que fazem este trabalho. Todas são jovens. Atendem bem. Umas mais rápidas, outras menos. Uma delas, a meu ver, tem um diferencial. Qual seria ele? Na verdade, um conjunto de atributos.
Ela monta o marmitex com agilidade, o que é muito bom, pois se estamos em nosso horário de almoço, temos horário fixo para retornar ao trabalho.
Além da agilidade, ela observa dentro do balcão aquecido, se há comida espalhada entre as grandes cubas, onde ficam os alimentos. Se verificar que sim, pega um “perfex” e limpa o local com cuidado, para não cair nas cubas e se misturar com o alimento a ser servido. Após este procedimento faz a higienização das mãos, o que é dever dela fazer.
Está sempre com o unif…

O que mais me dói - Autor: João Pedro Rocha

Sabe o que mais me dói depois de tudo isso e diante de tudo que ainda virá? Não é quem ganhou, não é quem perdeu, não é quem pode ganhar, não é quem pode perder, não é quem eu apoio, não é quem eu não apoio, não é quem eu concordo, não é quem concorda comigo, não é quem discorda de mim, não é de quem eu discordo. Com todas essas divergências a vida já trata de nos ensinar como lidar desde pequenos, a democracia que nos é ensinada(ou deveria) defende todo esse aglomerado de opiniões contrárias.
O que toca no meu coração de verdade, que me deixa abalado de verdade, que me fez chorar muitas vezes até aqui e que, infelizmente, ainda vai me fazer chorar muito nessa vida, que me faz ter medo de me expressar, que me faz pensar mais de duas vezes antes de opinar sobre certas coisas, que me faz sentir um aperto no peito, que tira meu chão, que tira meu foco, que me faz me distanciar de tanta gente que eu aprecio/apreciava a presença e a amizade, que me faz escrever isso é a pior sentença que a …

Democracia X voto obrigatório

Época de eleições. Sempre fica aquela discussão sobre o voto, o ato de votar. Uns dizem que devem votar, mesmo que não seja no candidato que acreditam ser o adequado. Outros dizem que precisam votar no menos pior, pois acreditam não haver um melhor. Outros que não acham correto votar contra sua vontade, somente para satisfazer a “democracia”. Por que pus a palavra democracia entre aspas? Porque para mim a democracia, a verdadeira, não pode aceitar um voto que seja obrigatório! Se um dos princípios da Democracia é garantia da vontade do Povo e da liberdade de expressão, como garantir a liberdade de expressão do povo com o voto obrigatório? Tenho que ter o direito de não votar, se não quiser, se considerar que, entre os candidatos aos diversos cargos, não tenha nenhum que me represente, ou que defenda ações ou tenha atitudes, que vão contra meu pensamento. Por exemplo, um partido que defenda abertamente a maconha? Ou ainda um outro que defenda a extinção da polícia e a colocação desta at…