Funcionária desatenta

Estive em uma orientação técnica, que envolveu mais ou menos umas mil pessoas. O evento aconteceu em um prédio grande, com um auditório que recebeu confortavelmente a todos, no andar inferior estavam os banheiros, que devido ao volume de pessoas, precisavam ser limpos e higienizados de tempos em tempos.
Com o calor que fazia no dia, era inevitável que bebêssemos bastante água, por conseguinte parte dela, após processamento pelos órgãos responsáveis, precisaria ser dispensada pelo nosso organismo, portanto o tráfego de pessoas nos sanitários fosse bastante intenso, logo houvesse bastante papel nos cestos de lixo, o piso ficasse sujo pelo entra e sai de pessoas, as pias precisassem ser limpas.
Em uma destas idas ao banheiro verifiquei que havia duas funcionárias da limpeza por lá. As duas bem jovens. Uma delas ao celular batendo papo, pelo que percebi, com uma amiga e relatando o que estava acontecendo.
Era inevitável que eu, como todas as pessoas que lá estavam, ouvisse a conversa da funcionária.
Após relatar que “estava acontecendo uma exposição de livros, que havia mais de mil pessoas lá, etc, etc, etc.”, ela disse para a amiga “Eu só pego bomba!”
Após ouvir isto fiquei pensando... A pessoa em questão estava trabalhando. Estava trabalhando na limpeza, talvez porque não tivesse qualificação o suficiente para ocupar outro posto de trabalho. Talvez ela não tivesse estudo para pleitear, até na mesma empresa, outro cargo, no qual não tivesse de recolher lixo, de limpar chão, nem lavar pias e vasos sanitários.
A pessoa empregada e reclamando de estar trabalhando! Será que se ela estivesse desempregada estaria mais feliz? Se ela não está feliz no emprego por que não procura outro? Se neste momento não tem qualificação para se candidatar a outro emprego, por que não procura se preparar melhor?
Atualmente existem cursos gratuitos de qualificação oferecidos por sindicatos, empresas, prefeituras, entre outros.
Além desta funcionária, já ouvi, em outros locais, reclamações semelhantes, de funcionários que ficam reclamando do empregador diante dos clientes, que não têm nada a ver com os problemas dos funcionários. Não está bem em determinada empresa, procure outra!
Certa vez em um local que trabalhei, me perguntaram por que eu chegava todos os dias feliz para trabalhar. Simplesmente respondi “Porque é daqui que tiro meu sustento, e é com este salário que pago minhas contas!”



Comentários

Rafaela Valverde disse…
Muito bom esse texto. Concordo muito com isso..
É, minha amiga, a coisa é bem assim mesmo. Tem gente que reclama até da sombra, mas não é capaz de um mínimo esforço para mudar a situação.