segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Fim do mundo: lendas e poemas


Estamos às vésperas do “fim do mundo” previsto para 21/12/2012. Já se falou muito sobre o assunto, que é uma previsão do povo Maia, que, segundo alguns estudiosos, não prevê o fim do mundo, mas de um ciclo, etc, etc., por isto não vou entrar em mais detalhes, pois estamos sendo bombardeados por inúmeras informações a respeito, até mesmo uma minissérie global já utilizou este tema.
Mas existem outras situações parecidas? Na sua família tem alguma história sobre o assunto?
Na minha sim. Há muitos, muitos anos atrás, quando meus pais moravam em uma colônia da família, no interior do Paraná, cruzou os céus um ser inominável, desconhecido, misterioso. Este ser cruzou silenciosamente o vasto céu azul, deixando atrás de si somente um rastro longo e reto, que marcou os céus por longos minutos.
Este risco enorme, comprido, a perde de vista aterrorizou as mulheres da família, que lavavam roupas calmamente em um riacho que cortava a propriedade da família. Todas as mulheres olharam para o céu, o susto foi indescritível, logo cuidaram de correr para casa, chamar seus maridos na roça pois... o mundo iria acabar! Os sinais eram claros, estavam escritos no céu.
Esta não é a única história!
No final da década de noventa, em viagem de férias ao Paraná, em conversa com uma tia, soube de uma prima que estava meio abalada, porque circulava na região o boato de que o mundo iria acabar no ano 2000! Isto, segundo soube, era falado até em algumas igrejas da região.
Quais histórias existem sobre o fim do mundo na sua família? Converse com os mais velhos, pois, tenho certeza, que encontrará algumas.
Até mesmo os poetas utilizam o fim do mundo como pretexto para suas obras. Abaixo um poema de João Cabral de Melo Neto:

O Fim do Mundo

" No fim de um mundo melancólico
os homens lêem jornais.
Homens indiferentes a comer laranjas
que ardem como o sol.

Me deram uma maçã para lembrar
a morte. Sei que cidades telegrafam
pedindo querosene. O véu que olhei voar
caiu no deserto.

O poema final ninguém escreverá
desse mundo particular de doze horas.
Em vez de juízo final a mim me preocupa
o sonho final. "



quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Imagens de cinegrafista amador


Com certeza, você, internauta já leu esta expressão. Mas quem é o cinegrafista amador? Por que não aparece o nome dele?
O cinegrafista amador é uma pessoa comum, como eu, como você. Comum no sentido de não ter um curso específico de cinegrafista, de fotógrafo, ou outro qualquer ligado às mídias. 
Mesmo não possuindo um curso específico, onde pudesse ter obtido conhecimentos a respeito da captação de imagens e sons, ele tem em mãos uma câmera digital, que fotografa e filma, ou ainda um celular, que também tem estas funções. Além de ter estes aparelhos comuns e acessíveis nos dias de hoje, ele tem algo mais... a sorte de estar em um determinado local, em um momento especial, onde algo importante digno de ser  fotografado ou filmado aconteceu.  Neste momento não havia ninguém da grande mídia presente, pois são muitos, mas não são onipresentes. É neste momento de ausência da grande mídia e de seus profissionais, que entra o cinegrafista amador.
Qual o reconhecimento que ele tem do trabalho que realizou? Apenas isto, a citação na foto ou no filme, exibido na mídia televisiva, com estes dizeres “Imagens de cinegrafista amador”.
Será que o fato de ser amador, tira a importância do fato que ele presenciou e registrou? Se este fato, ser amador, tirasse o mérito do “furo” da imagem ou do filme por que então a mídia televisiva ou impressa veiculou as imagens deste desconhecido sem qualificação?
Senhores diretores de jornais impressos e televisionados, já está mais do que na hora de CITAR A FONTE DA IMAGEM ADEQUADAMENTE: imagens do cinegrafista amador “fulano de tal”. Mesmo que ele receba financeiramente pela imagem, ele continua sendo o “cara” que estava na hora certa, no lugar certo, teve aquele “insight” e registrou um acontecimento, que, pela sua importância ou novidade, mereceu estar no Jornal Nacional, no Jornal da Record, no Estadão, na Folha de S. Paulo...
Qual a sua opinião, leitor, a este respeito? Já enviou algum vídeo para a mídia? A fonte foi citada? Seu nome foi citado?

Postagem em destaque

O QUE FAZ UM SUPERVISOR DE ENSINO?

Recentemente após certa postagem no facebook, duas respostas em tom de gracejo, me deixaram extremamente irritada! Ambas davam a entende...

Você também poderá gostar de...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...