Histórias insólitas de concurseiros sem noção


Há algum tempo fiz um texto com dicas para concurseiros de primeira viagem, mas estive pensando “Será que alguém tem histórias curiosas sobre concursos?”
Eu nunca vivenciei histórias curiosas nos concursos dos quais participei, mas tenho ouvido algumas curiosas, até mesmo insólitas!
Uma que me contaram foi de uma pessoa, que passou em um concurso público de nível médio, mas não compareceu a nenhuma das chamadas feitas pelo diário oficial.
Certo dia esta pessoa apareceu na seção responsável pelo concurso, sentou-se diante do chefe da seção, falou:
_ Lembram o concurso tal? Pois bem, vim assumir a minha vaga.
A chefe da seção explicou a ela como funcionava o concurso, as regras, que já tinham acontecido há tempos todas as chamadas, que ela não compareceu em nenhuma.
A mocinha insistiu:
_ Então... vim hoje! Quero a vaga a que tenho direito!!!
Claro que a pessoa não assumiu, porque passado tanto tempo não havia vaga para assumir, nem ela tinha direito a uma, um vez que na convocação do concurso, quando o candidato não aparece, tem seus direitos exauridos.
Engraçado, não é?
Tenho outra história... Esta foi inacreditável!!!
Certo concurso, composto por fases, tinha entre elas um curso a ser feito pelo candidato com encontros presenciais.
No primeiro dia de curso, aparece um candidato, maior de idade, experiente, aparentemente politizado, consciente. Esta pessoa vem acompanhada da mãezinha.
Até aí nenhum problema. Mas a história não acabou por aí.
A mãezinha não estava apenas acompanhando-o. Ela teria uma importante função, do ponto de vista do candidato. Adivinhem qual era? Pensaram?
Aposto que não acertaram... A mãezinha seria a provável substituta do filho no curso!!!
Você tem alguma história e gostaria de contá-la? Pode contá-la nos comentários do blog, que contarei, claro, sem citar nomes!
Aguardo sua participação!!!




Comentários