Ficaram velhas todas as notícias

Uma vez li em um texto, não sei se poema ou prosa, alguém que diz que ficaram velhas todas as notícias. Ultimamente quando assisto à televisão tenho essa nítida impressão, pois entra ano sai ano, as notícias se repetem... Quais notícias?
Vamos a elas. Ouvir que mais uma mãe abandonou seu filho em um carro, ou que o abandonou logo após o parto, ainda com o cordão umbilical, em uma porta de residência, ou na Lagoa da Pampulha.
Ver mais uma vez as notícias de corrupção na polícia, mesmo mostrando o outro lado, o da polícia, que investiga e prende a própria polícia. Vejam que paradoxo!!!
Ver novamente que há esse ou aquele preso perigoso comandando suas atividades direto da prisão.
Assistir mais uma vez outra reportagem falando do trabalho escravo em regiões como norte, nordeste. Mais uma vez vai até lá um órgão ligado ao trabalho, que fica estupefato com isso! E pergunto: onde está a fiscalização?
Outra vez assistir (agora diariamente, matinalmente...) , que o trânsito de São Paulo está um caos, que ninguém mais anda de carro, ou melhor, os carros só andam, porque ninguém nesse caos consegue ultrapassar os 20 ou 30 quilômetros por hora.
E o político que é pego corronpendo ou fazendo mal uso do dinheiro público???? Essa notícia então, nem se fala!!! Mudam os nomes, os órgãos lesados, mas não mudam, aqueles que pagam essa conta: nós, cidadãos, que pagamos religiosamente nossos impostos!!!
E você, quais notícias lê ou assiste todos os dias, que não agüenta mais???
Acho que em um país tão grande como o nosso deve haver mais pessoas tão indignadas quanto eu.

Comentários