Jovens escritoras unidas pela palavra

Tenho lido, com certa frequência, crônicas de duas jovens escritoras. Uma filha de uma grande amiga e a outra com quem convivi, enquanto ela estudava o ensino fundamental em uma escola, onde trabalhei por algum tempo.
O que liga estas duas jovens? A escrita, a juventude, a profissão.
Ambas amam escrever e comunicar suas ideias, seus sentimentos, suas inquietações, suas iras, suas estupefações, enfim, seu olhar pelas pessoas, pelas cidades, pelas amizades, amores.
Elas também são bem jovens. Uma, filha da amiga, tem cerca de 20 e poucos anos. A outra tem cerca de uns 19, 20 anos.
Ambas estão envolvidas com o jornalismo!
A Ana lida com as dificuldades de estar em busca de seu espaço profissional nesta profissão concorrida e não muito valorizada, com pouco espaço em cidades interioranas. Também vive questões do seu cotidiano de mulher, jovem, inteligente e de visão muito clara de si, do outro, de suas posições diante da vida e do ser mulher.
Mariana está na faculdade. Também vivencia seu cotidiano, que revela em suas postagens no blog “Textos de apartamento; o mundo além das janelas”, que ela retomou recentemente, após um período de silêncio virtual.
Leio as postagens de ambas no Facebook, blog, jornais virtuais. Acompanho suas histórias cotidianas e literárias regularmente!
Vejo, com alegria, jovens como elas usando a palavra escrita para falar da vida, amores, decepções, ideias, planos, sonhos, amigos!
Vejo também o quanto a internet nos possibilitou esta democratização da escrita, por meio dos blogs, sites, Facebook. 
Há algum tempo era inimaginável ler, de forma tão democrática, os textos destas moças! Seria preciso comprar o livro! Não que ele não seja mais necessário! Por outro é preciso, que pessoas, profissionais como elas, e tantos outros, sejam reconhecidos pelo seu fazer! Escrever não é fácil! Exige investimento financeiro, exige muito tempo, exige dedicação, exige pesquisa, exige leituras diversas, gastos com livros, vídeos, peças de teatros, enfim... exige DINHEIRO!
O mercado, as mídias, precisam dar oportunidades aos jovens talentos! Precisam abrir espaço para estas pessoas cheias de ideias e vontade de mostrar a que vieram!
Torço muito por vocês, Maria Luisa Bergamasco e Mariana Rosetti Maia!
Conheçam mais destas duas jovens promissoras escritoras!

Maria Luisa escreveu, por algum tempo, para o Jornal Da Cidade, onde vocês poderão encontrar suas crônicas: http://www.dacidade.com.br/colunista/58/maria-luisa-bergamasco.html

Comentários