Vamos nos engajar na luta pela Marambaia!

Há pessoas que lutam por muitas causas. Tem pessoas que vão ao exterior para defender o meio ambiente, ser voluntário por alguma causa humanitária. Não os critico, mas e as nossas causas? E as causas ambientais de nosso País? De nossa cidade? De nosso bairro? Quem vai levantar estas bandeiras?
Em Jaú, interior de São Paulo, existe uma área, próxima a rios importantes da região, ou que cortam o Estado, que está ameaçada.
Sensível a esta causa, pois é mora na cidade, além disto tem a sensibilidade no olhar, na observação, porque também é fotógrafo, e dos bons, premiado em Salões e Concursos.
Esta pessoa está utilizando seu conhecimento sobre a região, a cidade, e suas belas imagens para defender a Marambaia.
Mas o que é a Marambaia?
Segundo palavras do Paulo Guerra, em postagem no facebook, temos a definição:
MARAMBAIA, região na divisa de Jaú com Bariri e Itapuí no centro do estado de São Paulo. O local é parada e destino para migração das aves do Pantanal. Um complexo de águas, onde os córregos Olhos D' água, Pouso Alegre e Ribeirão da Prata desembocam no rio Jaú que por sua vez desemboca no rio Tietê. Um complexo, não somente pelo emaranhado das águas fluviais e sim por extensos brejos e pelas áreas de várzea que sempre se formam na época das chuvas. Este complexo depende, após o represamento, do regime das comportas da represa de Bariri. Como nos últimos anos, tivemos secas significativas, a Marambaia sofreu, e sofre, com o volume baixo de água. 
Nos dias atuais, está difícil ver as aves tipicamente pantaneiras. Fora esta situação de sazonalidade de clima, temos ainda a ocupação do solo, a pesca sem critérios, a poluição das águas e a ausência de proteção municipal e estadual para o local. 
Esta região, por suas características peculiares: rio, córregos, brejos, áreas de várzea, mata ciliar, mata de encosta e assim por diante, apresenta um número extraordinário de espécies animais. Registramos por volta de 185 espécies de aves. Muitas, se reproduzem, se alimentam, dormem e são residentes. Um verdadeiro santuário que deveria ser protegido, reverenciado e cuidado. 
A Marambaia merece um estudo mais detido pelos acadêmicos. Se estes estudos existem devem servir para proteção, conservação, preservação, restauração do local.
Paulo Guerra, Educador, Supervisor de Ensino, Fotógrafo. Está convidando todos para conhecer a Marambaia e engajar-se nesta luta ambiental.
Conheça o lugar, saiba mais, pesquise nos sites indicados abaixo, participe da comunidade e veja como ajudar!
Vamos nos engajar nesta luta ambiental. Uma luta pela defesa do meio ambiente do nosso Estado, da cidade de Jaú.
Não precisamos viajar ao exterior para defender esta ou aquela causa. Para quem quer se engajar, as causas estão ao nosso lado. Na nossa cidade, no nosso bairro.
Vamos lá!

Comunidade no Facebook para divulgar a causa:

Quer saber mais sobre a Marambaia? Visite o site, que traz muitas informações e orientações para auxiliar nesta luta:

Comentários