Ela atende a todos com um sorriso



Frequento regularmente um supermercado localizado próximo ao meu local de trabalho. Frequento-o quando faço as compras para minha casa, bem como para comprar marmitex algumas vezes na semana.

Sempre que estou aguardando para fazer meu pedido de marmitex, ainda na fila, fico observando as funcionárias que fazem este trabalho. Todas são jovens. Atendem bem. Umas mais rápidas, outras menos. Uma delas, a meu ver, tem um diferencial. Qual seria ele? Na verdade, um conjunto de atributos.

Ela monta o marmitex com agilidade, o que é muito bom, pois se estamos em nosso horário de almoço, temos horário fixo para retornar ao trabalho.

Além da agilidade, ela observa dentro do balcão aquecido, se há comida espalhada entre as grandes cubas, onde ficam os alimentos. Se verificar que sim, pega um “perfex” e limpa o local com cuidado, para não cair nas cubas e se misturar com o alimento a ser servido. Após este procedimento faz a higienização das mãos, o que é dever dela fazer.

Está sempre com o uniforme bem limpo, os cabelos bem presos. Vocês poderiam estar pensando “mas isto é obrigação dela”. É sim, mas nem todo funcionário que trabalha com alimentação tem todos estes cuidados.

Mas o que esta moça tem a mais? A simpatia. 

Ela atende a todos com um sorriso. Sempre muito simpática, atenciosa. 

Hoje estive lá comprando algumas coisas. Eu a vi, encostada em um balcão, onde ficam expostas tortas, pizzas, organizando alguma coisa. Cheguei perto para olhar as tortas. Mexi com ela. Falei alguma coisa, não lembro muito bem. Ela deu um sorriso, falou “olha quem está aqui!”. Respondi, brincando, que além de atormentá-la durante a semana, estava ali de novo. Ela deu um largo sorriso, respondeu “que nada, afinal são vocês que pagam nossos salários”. Não falou isto com raiva, nem com ironia. 

Se eu tivesse um comércio, fosse contratar alguém, gostaria de ter alguém como ela trabalhando comigo.

Para fechar este texto, deixo um excerto de matéria da Revista Época Negócios:

“Educação, inteligência, talento e habilidade são características importantes para um bom funcionário. Mas é o foco, a motivação, que o torna um excelente funcionário. Segundo Haden, esses empregados são movidos por algo mais profundo e mais pessoal do que apenas o desejo de fazer um bom trabalho.”



Se quiser ler a Matéria de Época completa, acesse o link:



Comentários

Lucelena disse…
Sorrir, ser gentil são atributos essenciais para o profissional que lida com pessoas. Interessante como pequenos gestos fazem toda a diferença em nossas vidas.