Pular para o conteúdo principal

Mulheres plurais

As mulheres que conheci, continuo conhecendo, não são super heroínas, não vestem roupas coladas, não usam capas, não são “femmes fatales”.
As mulheres que conheci, que me inspiraram, são mulheres normais, que trabalham, são mães, tias, filhas. Conseguem conciliar todas as mulheres, que vivem dentro delas, multiplicam-nas no cotidiano para atender as inúmeras tarefas.
A primeira delas, minha mãe, sobre quem já falei, aqui neste blog, em outro texto “Minha mãe, minha heroína”.
A segunda, não menos importante, uma tia queridíssima, amiga, que me apoiou em diversos e difíceis momentos de minha vida. A quem também pude apoiar, ensinar um pouco do que eu sabia na época, para que ela pudesse descobrir uma nova ocupação. Tornou-se uma excelente artesã! Seu nome? Leonor.
Conheci muitas mulheres durante minha vida profissional, continuo conhecendo. Para não ser injusta prefiro falar aqui daquelas com as quais não convivo mais. Mas tenho muitos exemplos, se fosse falar de todas, precisaria de mais tempo, mais dias da mulher...
Conheci, entre tantas, uma Diretora com a qual fui trabalhar, por minha opção, por ter ouvido, muito, falar do trabalho, da seriedade, competência e honestidade dela. Tudo que tinha ouvido falar, se confirmou. Aprendi muito com ela! Ela me apoiou muito, pois eu havia assumido uma função, na qual nunca tinha atuado. Bernardete, exemplo de Profissional, Mãe, Mulher, Irmã!
Também conheci a Cimone. Assim, com C. Também Diretora. Em nada fica devendo às qualidades que apontei para a Bernardete. Cimone, mulher forte, de garra. Uma Diretora que marcou a vida de muitos alunos, professores e funcionários. Aprendi muito no período em que pude trabalhar ao lado dela.
Conheci também a Vera. Foi minha coordenadora por um tempo. Competente, forte, inteligente. Uma mãe que, jovem, precisou assumir a família. Na Coordenação de uma escola, onde ficou por bastante tempo, se tornou referência, em especial, para os alunos.
Com cada uma destas mulheres vou buscando aprender, me inspirar, levar um pouco do muito que ensinam. Ensinam com palavras, com gestos, com exemplos.
A estas mulheres especiais, amigas, agradeço! Desejo um feliz dia da Mulher, neste dia 08/03. Desejo 365 dias da Mulher para vocês, mulheres, amigas, plurais: Anas (Cardoso, a minha cunhada e a minha sobrinha), Carolina, Clotildes, Denises (A. e B.), Elianes (Finanças e a minha sobrinha), Elaines (Protocolo e a Supervisora), Elisa, Gabriela, Janete, Jéssica, Judite, Leias (Finanças e NPE), Leonores (a Tia querida e a minha prima), Luzias (Supervisora e a minha amiga de muitos anos, a Passarello), Magali, Márcias (Supervisora, a do NPE e as de Santo André: a Balthazar e a Fortes), Maria Eduarda, Priscilla, Reginas (L. e B.), Rosa (a Marisa), Rosana, Rosilene, Roseni, Solange (a Bailão), Terezinhas (Finanças e a minha cunhada),  Veras, Vitória.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas sobre provas para eliminação de matérias e ENCCEJA E ENEM

Escrevi uma postagem com dicas para concurseiros de primeira viagem, mas analisando os atendimentos diários que faço no meu trabalho, pensei em escrever outro(s) texto(s) com dicas ou orientações sobre outros assuntos, pois mesmo com tanta informação disponível, as pessoas continuam sem conhecimentos básicos, que podem ajudá-las a resolver problemas simples do seu cotidiano, que vão desde onde procurar a informação, como também onde cobrar seus direitos.
Para começar esta série de textos, vou falar um pouco das provas para eliminação de matérias. As pessoas buscam muito este tipo de avaliação, na qual, desde que atinjam as médias, eliminam todo o ensino fundamental ou todo o ensino médio.
Para quem pretende eliminar o ensino fundamental - Ciclo II (antigo ginásio, 5ª a 8ª série, 6º ao 9º ano atualmente) poderá fazê-lo por meio do Encceja, que é uma avaliação de eliminação de matérias, ou seja, o candidato pode ir eliminando áreas (Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza, Ciências Hum…

ENCCEJA 2017 – ELIMINAÇÃO DE MATÉRIAS – CONCLUSÃO ENSINO FUNDAMENTAL – CONCLUSÃO DO ENSINO MÉDIO

Se este texto for útil para você, deixe seu comentário, dizendo se gostou, como encontrou este blog.

Se você precisa concluir o Ensino #Fundamental ou Ensino #Médio, não tem condições de frequentar a escola, tem 15  ou 18 anos, poderá se inscrever para as provas do #Encceja, que o MEC voltará a aplicar neste ano. Por meio desta prova você pode obter a #conclusão do Ensino Fundamental ou Ensino Médio, ou ainda, eliminar as matérias, nas quais conseguir acertar ao menos 50% das questões em cada área, inclusive na redação. Importante salientar, que a partir deste ano o #Enem deixará de servir para certificação do Ensino Médio, portanto se você precisa concluir o Ensino Médio aproveite e faça o #Encceja2017. Outra informação muito importante, para quem reside no Estado de São Paulo, é que após realizar a prova do encceja e não passar em todas as áreas, poderá procurar, a qualquer momento, um dos CEEJAS existentes. O CEEJA é uma Centro de Educação de Jovens e Adultos, que é um projeto, cuja fr…

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE ENEM/ENCCEJA

Fiz duas postagens, muito acessadas, falando sobre o Enem e o Encceja, duas importantes avaliações para alunos que pretendem eliminar matérias ou o curso todo. Sempre acompanho todos os comentários postados em todas as matérias e respondo a todos. Tento fazer isto o mais rápido possível e responder aos questionamentos dos leitores do Blog, entretanto ao ler as perguntas notei que são enviadas, com um texto um pouco diferente, questões já respondidas por mim, portanto bastaria ao interessado, ler os comentários e buscar a resposta a sua questão. Sei que todos temos uma vida muito corrida, que nem sempre as pessoas dispõem de tempo para ficar lendo, por isto reúno aqui todas estas dúvidas, que organizei por assunto. Pretendo desta forma a auxiliar todos que acessam o blog em busca de mais informação e respostas para suas dúvidas. Faço isto, pois estamos novamente em tempos de Encceja, o que gera nas pessoas uma ansiedade e uma busca por maiores informações. Para aqueles que desejarem, tiv…