Trajetória do blog Impressões Noturnas

Hoje acessei o blog, verifiquei que tem quase 45.000 visitas!  Passei os olhos pelas primeiras páginas, que contêm os últimos textos, os mais recentes. Fui, então, aos primeiros disponibilizados aqui, alguns transportados de outro blog, anterior a este. Os textos mais curtos, mais sintéticos.
Acho que diante disto posso dividir este blog em fases. A primeira com textos mais sintéticos, pois tinha uma preocupação em não tornar os textos muitos longos, pois poderiam desestimular o leitor, levando-o a abandonar a leitura. Acredito que isto se devia à influência da própria internet, que publicava dicas sobre blogs e como redigir textos para eles. Os primeiros textos não se utilizavam de outros recursos, como vídeos e fotos.
A segunda fase, esta, é composta de textos mais longos, mas mais cuidados também, em todos os sentidos. Passei a pensar mais no que escrever, utilizando para tanto, informações que o próprio blog foi me dando. Passei a observar as estatísticas do blog, que mostram quais os textos mais acessados, portanto mais procurados. Também acompanho as postagens mais populares, que estão disponíveis no blog, pois elas mostram os textos mais acessados desde a abertura do blog, bem como aqueles que, pouco tempo depois de publicados, já figuram nesta lista dos mais populares.
Nesta fase a maioria dos textos tem alguns vídeos, ilustrando o assunto abordado, e fotos, todas tiradas por mim. Acredito que as fotos ajudam a falar, a transmitir algo, a emocionar, ajudam a pensar!
Também inscrevi o blog para participar do Prêmio Top Blog, por quatro vezes. Ainda não tive nenhuma premiação, mas o fato de estar na premiação também o coloca em outros sites, trazendo possíveis leitores.
Atualmente, além de divulgá-lo no Facebook, por e-mail, Google+, estou divulgando-o em uma intranet da Secretaria, onde trabalho.
Além de tudo isto, comecei a escrever sobre alguns assuntos relacionados à Educação, mais especificamente textos que trazem informações sobre avaliações estaduais, federais, documentos escolares, entre outros. Estes textos são bastante acessados, acabo recebendo perguntas dos internautas, que buscam neles mais informações, que não conseguiram em outros sites, talvez pela linguagem utilizada ou pelas informações não estarem disponíveis.
Esta experiência relatada mostra um amadurecimento em relação ao ato de escrever, assim como a administração do próprio blog.


Comentários

Rafaela Valverde disse…
Parabéns! Também observo muito minhas postagens antigas. Isso acaba sendo um auto feedback. É isso aí, caminhando para o crescimento. Abraços