As palavras têm uma força, que nem imaginamos.


Na Pedagogia fala-se em profecia auto-realizadora. Mas o que seria isto? Esta profecia acontece quando o professor, já nos primeiros dias de aula, olha para determinado aluno, emite um juízo sobre o futuro da criança. A partir deste momento toda a história do aluno, com este profissional, passa a ser influenciada por este pensamento do docente.
No cotidiano também as palavras vão, talvez inconscientemente, desvelando a opinião de determinadas pessoas a respeito de outros, sejam seus familiares, amigos, profissionais.
Esta semana passei por uma situação em que a palavra, dita em uma conversa, em determinado contexto, me fez dar uma resposta incisiva para outra pessoa. No meio de uma conversa, ela disse algo como “Você faz isto, ou só fica em tal lugar”. O tal lugar é o meu local de trabalho. O fica foi dito de tal forma, como se o fato de estar lá, indicasse que eu apenas ficasse no local. Respondi imediatamente: “Eu não fico lá. Eu TRABALHO lá!”
Sempre me incomodou muito ouvir de meus ex-alunos, naquelas conversas diagnósticas de início de ano, quando eles falavam de si, de suas famílias, do trabalho do pai, da mãe, saía a seguinte frase: “Minha mãe não trabalha. Ela só fica em casa!”. Ouvia isto, em seguida começava a questioná-lo: “Quem lava suas roupas? Quem faz a comida para toda a família? Quem limpa a casa?”. Depois destes questionamentos, acreditava estar incutindo outra ideia a respeito do que seja o trabalho.
Outra pergunta que quem atua no magistério, seja em escola particular ou pública, escuta com frequência é “Você trabalha ou só dá aulas?”. Os alunos, na fala, aparentemente ingênua, revelam o que muitos pensam, ou seja, que a atividade docente não seja um trabalho. Aliás acredito que a maioria dos nosso governantes pensam assim, pois a valorização do Professor fica apenas no papel e no discurso, ou então, com ações que em nada mudam a situação do Profissional, do Trabalhador do Magistério.
Precisamos começar a contestar estas falas, a desestabilizar estes discursos, a motivar as pessoas a pensar, a refletir!!!

Se você quiser saber mais sobre profecia auto realizadora, acesse: http://www.psicopedagogia.com.br/opiniao/opiniao.asp?entrID=562


Comentários