Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

Saúde: direito de todos?

Esta semana, assistindo um jornal matinal, que traz novidades da capital e grande São Paulo vi as UPAs, que foram parcialmente construídas há um ano, dois, três ou mais, mas continuam sem ter a construção concluída e o funcionamento para atendimento aos usuários sem data definida. Os secretários da saúde, cobrados a responder, postergam a data e dão as mais variadas desculpas: não receberam o restante da verba do Governo Federal para concluir a construção; a verba prevista de manutenção da UPA pelo município é maior, do que as possibilidades da cidade, por aí vai... Em um País onde a população carece de serviços médicos de todos os tipos, inclusive os mais básicos, um equipamento público fechado está negando um direito constitucional ao cidadão: o direito à saúde. Quem paga por isto? O que faz (deveria fazer) o Ministério Público a respeito? Que fazem os senhores deputados estaduais e federais? Quem deveria fiscalizar e não fiscaliza? Paralelo a isto os funcionários públicos do Estado, …

Primeira vez

Primeira vez. Certamente você já conhece esta expressão. Talvez já tenha respondido ou perguntado “Como foi sua primeira vez?” Mas pergunto: primeira vez em quê? Vivi algumas primeiras vezes. Participei das primeiras vezes de outras pessoas. Ficou confuso? Explico. Não vou falar especificamente as minhas primeiras vezes, mas das primeiras vezes, que vivi ao lado de pessoas muito queridas. O encantamento de cada uma delas ao vivenciarem primeiras experiências na vida. A primeira vez de meus irmãos gêmeos em um grande parque de diversões, o Playcenter. Quando eles tinham 13 anos os levei para passar um domingo inteirinho neste parque. Eu não andei em quase nenhum brinquedo. Eles, ao contrário, andaram em todos, que conseguiram, até os mais radicais. Anos mais tarde, já aos dezesseis anos aproximadamente, levei um deles a um museu de arte, a Pinacoteca. Ficamos praticamente uma tarde inteira andando lá e olhando as obras de arte: telas, esculturas, fotografias. Certa vez levei minha sobrinha, u…