Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

Arquitetamos sonhos

Muitas vezes andei por aquela rua. Indo para o trabalho. Visualizando a subida íngreme, mas que tinha dois quarteirões. Quantas vezes andei por ela indo visitar parentes, que nela moravam. Um dia meus olhos avistaram um terreno, cheio de mato, próximo a outras casas. Nele havia uma placa. Uma imobiliária anunciava sua venda. De um comentário como esposo, surgiu o interesse. A venda para o primeiro comprador não saiu. Ficamos à espera. Ali removemos muita terra. Setenta caminhões. Dali saíram muitos ratos, que lá habitavam há muito tempo. Após a limpeza necessária, os tapumes colocados. Começamos a levantar nosso sonho. Primeiro em nossas mentes. Mais tarde uma arquiteta, amiga nossa, materializou-o usando o AUTOCAD. Estava ali. Diante de nós o sonho desenhado com detalhes, medidas e proporções. O tempo passou. Economia. Muita economia. Salário de professor, pagando aluguel. Fomos erguendo o sonho, tijolo por tijolo. Percalços, muitos no caminho. Pedreiro sem compromisso, desonesto. Obra…

Minha primeira vez... em um Salão Internacional de Fotografia

Tentamos sempre registrar em nossa memória momentos, que nos impressionaram, ou ainda que aconteceram pela primeira vez. Destes que esperamos por muito tempo. É assim quando terminamos nossa primeira faculdade. Quando conseguimos comprar nossa casa. Quando nasce nosso primeiro sobrinho. Quando nos casamos. Quando se casam nossos irmãos caçulas. Algumas vezes me inscrevi em concursos fotográficos, concursos literários. Nos dois últimos anos, devido a correria do trabalho, acabei não participando muito destes eventos. Há uns vinte dias resolvi me inscrever em mais um, às vésperas de encerrarem as inscrições para o Salão Internacional de Jaú, corri para mandar imprimir as fotos escolhidas, fui ao correio no meu horário de almoço. Enviei algumas fotos, de acordo com o regulamento do Salão. Não fiquei ansiosa, procurando os resultados, como em outros concursos. Um amigo postou o resultado no Facebook. Uma foto de minha autoria foi aceita para o Salão. Fiquei muito, muito feliz! Por ser um …

50º SALÃO JAUENSE INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA

Você gosta de Fotografia? Gostaria de ver excelentes fotografias do Brasil e do Mundo reunidas em um só lugar? Quer ver uma exposição organizada com esmero, carinho e profissionalismo? Então vá ao 50º SALÃO JAUENSE INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA. O Mestre Vicente João Pedro, Fotógrafo, amante e disseminador de boas imagens é uma das cabeças à frente deste Salão. Abaixo resumo do evento, que se encontra na página do JAÚ SHOPPING: "Dia 09 de agosto (sábado), às 20h00, acontece a abertura do 50º Salão Jauense Internacional de Arte Fotográfica, na Galeria de Eventos, localizada no piso térreo do Jaú Shopping. A exposição é organizada pelo Foto Clube de Jaú. De acordo com Vicente João Pedro, organizador do salão, este ano, estarão expostas mais de 400 imagens do Brasil e de outros países. As melhores imagens serão premiadas com medalhas. Há expectativa de visitantes de outras regiões do país, visto que este é o único salão internacional que acontece no Brasil. Há outro evento nos mesmos moldes ap…

Internet e redes sociais: o que fazer sem elas?

Semana passada assisti uma breve e bem humorada palestra sobre as doenças da internet ministrada por um médico da região, Dr. Habermann. Bem humorada, mas não menos séria. Nela ele elencou algumas doenças atribuídas as pessoas que são usuários compulsivos da internet, telefone celular, redes sociais. Não me incluo entre estas pessoas, mesmo gostando muito de internet, trabalhando diariamente com ela. Também tenho celular, que uso mais para enviar mensagens, algumas raras ligações, recebê-las, além de, em algumas ocasiões, acessar o google maps, muito útil, quando não se sabe bem onde se está. Por que não me incluo entre os fanáticos? Não sou fanática por celular, pois fico horas, até dias, sem ligá-lo, ou mesmo sem receber ligações. Aliás tenho vários registros de ligações perdidas, pois costumo deixá-lo na bolsa e no silencioso. No setor onde trabalho somos treze pessoas. Já pensou treze celulares tocando o dia todo? Além deles existem os telefones fixos dos ramais, que são no mínimo s…