domingo, 25 de maio de 2014

Arquitetura das Igrejas da Região de Botucatu

O que tem em todas as cidades? Pequenas ou grandes? Em muitas cidades pequenas elas ficam na região central, ao redor dela a cidade se desenvolveu.
Elas costumam ser o centro de reunião de muitas pessoas, seja pelos ritos que acontecem dentro dela, seja pela vida que acontece na praça. Muitos namoros começam nestas praças, outros terminam. Nas cidades pequenas continuam sendo um importante local para reunir a juventude.
Do que estou falando? Das Igrejas.
Há bastante tempo comecei a fotografá-las por fora, por dentro. Gosto especialmente do silêncio no interior delas, quando estão vazias, sem as pessoas, sem as ladainhas. Naquelas de estilo gótico o silêncio aliado à luminosidade dos vitrais torna o local especialmente convidativo para a meditação.
Por mais que andemos por este Brasil, por todas as cidades, dificilmente encontraremos uma igual à outra.  Umas são mais simples, mas mesmo assim, bonitas. Em cidades maiores há várias espalhadas pelos diversos bairros. Cada uma dela com seu estilo, sua arquitetura, claro, seu santo padroeiro.
Já vi as de Ouro Preto. Lindas. Algumas delas muito abandonadas pelo Vaticano, que não providencia a restauração, apesar de cobrar por cabeça de turista, que ingressa neste sacrossanto lugar.
Tenho fotos de Igrejas do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso.

Nesta postagem vou colocar algumas fotos das Igrejas existentes na região de Botucatu. Em cada cidadezinha tem pelo menos uma. Na cidade de Botucatu tem muitas. Não sei o total, nem tenho fotos de várias delas. 
Compartilho com vocês, leitores, um pouco destas Igrejas. Inicialmente postaria somente as Igrejas Católicas, mas há outras, de outras denominações também interessantes.

Igreja Sagrado Coração de Jesus - Botucatu  

Igreja Jesus Menino

Catedral Sant'Ana - Botucatu

Igreja São José - Botucatu

Igreja Matriz  Nossa Senhora dos Remédios - Anhembi

Igreja Matriz de Bofete

Igreja no Bairro Demétria - Botucatu

Igreja Matriz de Santa Cruz - Cesário Lange

Obs. Não autorizo a utilização destas fotografias, nem do texto, por terceiros. Caso haja interesse em utilizar um ou outro, entre em contato com a proprietária do Blog.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

ENEM 2014

Esta postagem é para aqueles leitores, que vêm ao blog em busca de informações atualizadas sobre o Enem e quer encontrá-las com mais facilidade e todas reunidas em um único lugar.
O site do MEC, por conter informações de muitas atividades e projetos do órgão, não facilita a navegação para aqueles que não tenham tanto conhecimento ou tanto tempo para ficar vasculhando-o buscando a informação desejada.
Para quem pretende prestar o Enem neste ano, temos as seguintes informações:
- QUANDO? DE 12 A 23∕05∕2014
O site do Inep está bem simples, auto-explicativo, pois traz as informações necessárias ao candidato em 8 passos. É interessante que o candidato leia atentamente todas as orientações destes passos antes de realizar a inscrição, pois neles são respondidas questões comuns para candidatos de primeira viagem, como: não tenho 18 anos e quero eliminar o Ensino Médio, posso?  Posso fazer o Enem se estou cursando o terceiro ano do Ensino Médio?
Acesse cada página, leia atentamente as informações, antes de ir para a próxima página da inscrição, verifique se não há nenhuma informação incorreta.
Também é importantíssimo, que após criar a sua senha de acesso, escreva-a em um papel, guarde-a, pois precisará dela para futuros acessos.
Para aqueles que têm a pretensão de fazer a certificação do Ensino Médio, ou seja, conclui-lo por meio do Enem, atente para:
- Somente poderá solicitar certificação quem não concluiu o Ensino Médio e possua 18 anos completos no primeiro dia de realização das provas.
- No caso de solicitar certificação de conclusão do Ensino Médio, indique se está cursando ou já cursou Educação de Jovens e Adultos (EJA). Informe também a Unidade da Federação (Estado) e a instituição certificadora (qual secretaria da Educação).
Na parte inferior da página dos 8 passos há como fazer um download (baixar) as orientações para o computador.
Quando você acessar a página de inscrição do Enem, após ler as orientações, na primeira página terá o link para o regulamento do Enem 2014. Faça o download do documento, salve-o no seu computador ou no seu pen drive. Leia-o na íntegra, pois deverá conhecer as regras da prova.
Neste edital você encontrará informações importantíssimas para o candidato, tais como:  locais e horários; orientações para realização da prova; conferência dos dados pelo candidato; critérios para as notas, inclusive da redação; obrigações do candidato; matrizes de referência de cada matéria (habilidades esperadas do candidato a serem avaliadas nas questões); conteúdos das disciplinas integrantes da avaliação; municípios das provas; regras para avaliação da redação, etc... etc...
Como você pode ver, são muitas informações. Leia todo o regulamento, em especial, datas, horários, locais de prova, orientações para realização da prova. Respeite os horários. Se não conhece o local onde fará sua prova, vá um ou dois dias antes, veja como chegar, meios de transporte, o tempo gasto para chegar. Fazendo isto, diminuirá suas chances de chegar atrasado e perder a prova ou ter os portões fechando na sua cara!
Foi publicada no Diário Oficial da União, no dia..., a Portaria que traz as regras para o Enem deste ano. Abaixo, algumas destas informações:
“O participante do ENEM interessado em obter o certificado de conclusão do Ensino Médio ou a declaração parcial de proficiência deverá atender aos seguintes requisitos:
I - indicar a pretensão de utilizar os resultados de desempenho no exame para fins de certificação de conclusão do Ensino Médio, no ato da inscrição, bem como a Instituição Certificadora;
II - possuir no mínimo 18 (dezoito) anos completos na data da primeira prova de cada edição do exame;
III - atingir o mínimo de 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos em cada uma das áreas de conhecimento do exame;
IV - atingir o mínimo de 500 (quinhentos) pontos na redação.”
Importante também para o candidato, quando receber o seu certificado do Enem é observar se nele constam informações sobre a publicação da certificação, conforme orienta a referida Portaria:
“Para garantir a validade do certificado de conclusão do Ensino Médio em todo território nacional, conforme disposto no § 3º do Art. 7º da Resolução CNE/CEB nº 3, de 15 de junho de 2010, as Instituições Certificadoras deverão publicar os dados de identificação dos participantes certificados, no Diário Oficial do Estado, da União ou em sistemas eletrônicos com acesso público.”
Para os candidatos residentes no Estado de São Paulo a publicação citada nesta Portaria do MEC é realizada no GDAE, onde o próprio aluno∕candidato poderá consulta-la, na página inicial, consulta pública. Basta clicar no ícone “Concluintes – nomes de alunos certificados”. Na página seguinte insira os dados solicitados e clique em pesquisar e será exibida a certificação. Imprima-a e guarde-a junto com seu certificado, caso não tenha o número da publicação impresso nele. O endereço do GDAE: www.gdae.sp.gov.br
Para os moradores de outros Estados, informe-se no site da Secretaria de Estado da Educação, de que forma é feita esta publicação e onde.

Fonte:


quinta-feira, 8 de maio de 2014

Que dizer sobre uma pessoa especial que nos deixou?

Para Leonor Segantine (in memoriam)

Muitas pessoas entram e saem de nossas vidas, mas não são muitas, que deixam marcas duradouras em nosso coração, em nossa História.
Tenho a sorte de ter convivido, na minha família, com pessoas especiais pela pessoa que eram, pelos exemplos de vida que deram, pelo carinho doado diariamente a todos os familiares.
Nesta semana perdemos uma destas pessoas. Uma tia muito querida por todos nós. Uma pessoa que, em vida, sempre foi agregadora. Conseguia cativar as pessoas e desta forma tinha a casa sempre cheia de sobrinhos, netos, amigos, cunhados, cunhadas, vizinhos.
Era rica? Não, não era. No aspecto financeiro do termo não era. Era rica sim. De generosidade, carisma, atenção, honestidade, religiosidade.
Terminou de criar os filhos e educá-los sozinha. Todos eles honestos, bem como cuidam de suas famílias com a mesma seriedade, atenção.
Ela teve problemas na vida? Muitos!
Foi uma mulher extremamente trabalhadora e batalhadora. Quando os filhos eram pequenos, cuidava da casa, o que equivale a dizer: lavar, passar, cozinhar, limpar, plantar uma horta. Ainda achava tempo para ter belas e bem cuidadas flores e frutas no quintal. Fazia sabão, pois o meu tio, tinha açougue, por isto aproveitava tudo que poderia ser reaproveitado.
Em certa época fazia tudo isto, ainda cuidava da mãe, senhora muito idosa, que ficou acamada e sob a responsabilidade dela.
Também neste período, um dos filhos, um adolescente, ficou doente. Uma doença em uma das pernas, que durou bastante tempo, o impedia de ir à escola, andar. Ela cuidou dele com todo o carinho, amor e atenção, que uma mãe zelosa pode ter.
Sempre recebia a todos que a procuravam com um sorriso no rosto e uma palavra de incentivo!
Mais tarde, intensificou sua vida religiosa e a participação nas atividades da Igreja Católica da cidade. Foi presidente do Apostolado da Oração por várias vezes seguida. Participava das missas. Participava também da Pastoral Carcerária, indo, com outras senhoras, até a Delegacia, onde conversava com os presos e doava um pouco da atenção e das palavras de Jesus.
Além de tudo isto, que mais lembro?
Lembro de sua casa, a antiga, de madeira. Sempre impecavelmente limpa. Seus alumínios sempre brilhando. Uma enorme caixa de água na área dos fundos, onde havia muitas bolinhas de gude de todos os tamanhos, onde, uma vez por dia, entravam uns raios de sol e faziam as bolinhas reluzirem e encherem os olhos das crianças de admiração e vontade de tocá-las.
Lembro também do cheiro das frutas no quintal. Do macarrão caseiro feito por ela. Das sopas deliciosas e muito gostosas. Das imagens dos filhos, pintadas à mão, ainda crianças, orgulhosamente expostas na sala.
Lembro das muitas vezes que conversamos. Eu, jovem, com muitas dúvidas, problemas na família, recorria a ela. Sempre ouvia dela bons conselhos. Ouvia frases do tipo “Vá em frente. Não desista!”
Inúmeras vezes retornamos à cidade, onde morava. Ficávamos na casa dela. Éramos recebidos com o mesmo carinho, atenção.

Tenho registros de alguns destes momentos. Os melhores momentos tenho registrado na alma, no coração.

Postagem em destaque

MENOPAUSA: O MONSTRO QUE ME ATORDOA!

Evito escrever aqui, neste blog, sobre minha vida pessoal, pois desde   o princípio não tive isto como proposta. Tento evitar também trata...

Você também poderá gostar de...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...